13 maio 2022 | 18:23:25

Punta do Iguassu comanda dobrada no GP João Cecílio Ferraz (G1)

Potrancas do Haras Rio Iguassu deram um show à parte, em Cidade Jardim. Filha de Hat Trick ratificou sua liderança.


Punta do Iguassu (por fora) sacou pescoço sobre Pérola do Iguassu

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Primeiro embate de graduação máxima do festival do GP São Paulo 2022, o Grande Prêmio João Cecílio Ferraz (G1), em 1.500m na raia de grama leve, para potrancas de 2 anos, manteve a tônica do turfe brasileiro, na atualidade: ponta e dupla do Haras Rio Iguassu, tendo cruzado o disco, em primeiro, Punta do Iguassu, filha de Hat Trick e Redenção (Inexplicable), de criação e propriedade do Haras Rio Iguassu.

Pérola do Iguassu, sua companheira de farda, completou a dobradinha da casa.

E foi, justamente, Pérola do Iguassu, quem ditou o ritmo do páreo. Punta do Iguassu, desta feita, corria em segundo, cerca de 4 corpos atrás de Pérola do Iguassu. Lança Perfume era a terceira e Qumprida Meleca a quarta. És Divertida completava o pelotão das cinco primeiras.

Abordada a reta final, Pérola do Iguassu ainda trazia boa vantagem sobre Punta do Iguassu. O jóquei desta, Valdinei Gil, olhava para trás, à procura das demais oponentes, rendendo aos apostadores da corredora, ótima impressão.

Muito embora passar por Pérola do Iguassu não tenha sido tarefa das mais fáceis, ainda assim Punta do Iguassu, em demonstração de superioridade, impôs sua categoria de líder invicta. Diferença de pescoço, entre as duas, no disco. És Divertida, cerca de 6 corpos atrás da segunda colocada, finalizou em terceiro. Evidências e Pietra Bella deram números finais ao marcador.

Depois, Qumprida Meleca, Lady of Witch e Lança Perfume. Lucca Love foi retirada no alinhamento.

Antônio Oldoni, no Paraná, responde pelo treinamento das duas primeiras colocadas. Punta do Iguassu, por sua vez, chega a 3 vitórias em 3 corridas. Também vencedora do GP Pres. Guilherme Ellis (G2) e de uma eliminatória, na estreia, em Curitiba, Punta do Iguassu percorreu a distância na marca de 1:28.61, com finais de 23.28 e 11.79.

Mais notícias

Punta do Iguassu comanda dobrada no GP João Cecílio Ferraz (G1)

Potrancas do Haras Rio Iguassu deram um show à parte, em Cidade Jardim. Filha de Hat Trick ratificou sua liderança.

Gato Lindo vence a PE Manoel Justino de Almeida Netto

Defensor do Haras Tuta conquistou a melhor prova do sábado (24), em Cidade Jardim.

Kopenhagen arranha recorde no Clássico Delegações Turfísticas (L)

Arenático do Haras Springfield conquistou batismo clássico.