05 ago 2023 | 16:35:27

Pura emoção: Doutor Sureño é o herói da Copa ABCPCC Clássica – Matias Machline (G1)

Com a farda do patrono da prova, super corredor do Haras Moema brindou sua campanha com outra importante conquista, obtida em chegada emocionante.


Doutor Sureño (por dentro) resiste a Maximum Drive, em chegada eletrizante.

Imagem: Marília Lemos

Numa chegada arrepiante, que não apenas levantou o público presente ao Jockey Club de São Paulo, como também emocionou turfistas espalhados por todo o país, a Copa ABCPCC Clássica – Matias Machline (G1), em 2.000m na raia de grama (leve), para produtos de 4 e mais anos, com mais de R$ 350 mil em premiações, revelou nova vitória de Doutor Sureño, 5 anos, filho de Agnes Gold e Notável Sureña (Redattore), de criação do Haras Old Friends e propriedade do Haras Moema.

Numa prova, sabidamente, desprovida de animais reconhecidamente espontâneos, coube a Kung Fu arriscar-se em puxar o ritmo da competição. Online acionava na segunda posição, enquanto Kenlova, a única fêmea do páreo, corria em terceiro. A parelha do Doce Vale, de To Sir With Love e Sugar Daddy, completava o lote dos cinco primeiros.

Doutor Sureño, que corria em sexto, passou a ganhar posições durante a curva. O corredor era seguido, de perto, por Maximum Drive – que, mais adiante, ocuparia papel marcante no desfecho da competição.

Na hora da verdade, Online avançou sobre Kung Fu. Já se notava, contudo, a evolução de Doutor Sureño, que começava a ganhar corpo “nas patas” do bloco que corria à sua frente, nos 500 finais. Por fora de todos, era Maximum Drive, quem avançava, de modo ameaçador.

A 300 metros do disco, Online perdeu em intensidade. A sorte do páreo passava, então, à eletrizante disputa travada por Doutor Sureño e Maximum Drive.

Galão a galão, a dupla proporcionou um embate dos mais eletrizantes. Instigado por João Severo, que, por sua vez, envergou a farda do patrono da prova – Haras Rosa do Sul, de Matias Machline – Doutor Sureño voltou, entretanto, a fazer valer sua enorme categoria e incrível evolução.

Na linha decisiva, Doutor Sureño, apesar dos incessantes ataques de Maximum Drive, ainda conservava ½ cabeça sobre o adversário, que produziu atuação das mais chamativas. Online foi o terceiro. Kenlova (numa excelente corrida, em meio aos machos) e To Sir With Love completaram o marcador. Houve sino do jóquei de Kenlova contra Online, mas o páreo foi confirmado na ordem de chegada.

A seguir, Sugar Daddy, Olympic Kremlin, Kung Fu e Escher.

Responsável por executar, de modo perfeito, a preparação atlética de Doutor Sureño, Victorio Fornasaro enfeitou sua mais do que vitoriosa prateleira, com outro troféu de gabarito. Já Doutor Sureño atualiza seu retrospecto para um total de 9 vitórias (6 clássicas) em 17 corridas.

Vencedor, dentre outros páreos, do Grande Prêmio São Paulo (G1), Doutor Sureño parou os cronômetros no tempo de 1:57.96.

 

Mais notícias

Very Nice Moon reaparece e vence mais uma em São Paulo

Craque invicta do Haras Old Friends agora segue para o GP OSAF (gr.I)

Pré-inscrições: GGPP Pres. do Conselho do Jockey Club (G2) e 14 de Março (G3)

Provas serão disputadas, em Cidade Jardim, no dia 9 de março.

Wil Myers esbanja qualidade no Clássico Criadores (L)

Crioulo do Haras LLC pertence ao Stud Ajato.