03 jan 2022 | 14:44:02

SBB informa: fim do certificado físico de performance e orientação aos hipódromos

Entidades promotoras de corridas de cavalos foram oficiadas em junho de 2021 e há expedição de novo ofício, de 29/12/2021, comunicando a extinção do certificado físico de performance de animais e orientando o reporte de informações sobre corridas que alimentarão o sistema digital dos certificados de performance.


Em junho de 2021, o Stud Book Brasileiro oficiou todas as entidades turfísticas do país, munidas de carta patente para a realização das corridas (dos hipódromos com voltas fechadas às canchas retas) sobre a extinção do certificado físico de performance de animais. Agora, em 29 de dezembro de 2021, foi expedido novo ofício, no mesmo sentido, reforçando a informação.

Vide exemplos dos dois ofícios enviados, nas referidas datas (obs.: mesma redação adotada para todos os demais ofícios e que também foram enviados aos demais hipódromos do país):

Exemplo de ofício enviado em junho de 2021 aos hipódromos
Exemplo do ofício enviado em dezembro de 2021 aos hipódromos

A extinção do certificado físico de performance visa garantir maior organização e maior facilitação na compilação e armazenamento de informações, que podem ser conferidas pelas comissões de corridas dos hipódromos a qualquer tempo. Do mesmo modo, reduzem-se os problemas relacionados a extravio e eventual lentidão na remessa de certificados, entre comissões, que tragam problemas à realização de inscrições.

O certificado digital de performance apresenta as informações relativas ao animal organizadas da seguinte maneira (obs.: alguns dados abaixo foram recortados, para não submeter o proprietário do animal a uma exposição eventualmente indesejada):

Exemplo do certificado digital de performance

Para que os hipódromos tenham acesso a login e senha (e acessem os certificados digitais), basta solicitar ao Stud Book Brasileiro. Terão acesso garantido ao sistema os hipódromos que realizam o envio das informações, regularmente, ao SBB, bem como que mantém seus programas oficiais em acordo com os registros de propriedade dos animais, conforme consta no sistema do SBB.

As primeiras experiências quanto à extinção do certificado físico de performance foram aplicadas à geração nascida em 2020. Nessa hipótese, os animais possuem dois documentos, ao serem registrados: a carteira de identificação e o certificado de registro genealógico definitivo.

O certificado de registro genealógico definitivo, aprovado pelo MAPA, entregue ao proprietário do animal que realiza seu registro, apresenta a seguinte composição gráfica:

Exemplo do certificado de propriedade

Para mais informações, o Stud Book Brasileiro coloca sua sede e agências regionais à disposição.

Mais notícias

Gold Tiger larga e acaba na Prova Especial Soberbo

Potro do Stud Petisco conquistou a primeira vitória de sua campanha.

ABCPCC informa: pagamento da premiação da Copa dos Criadores

Prêmios das 4 provas disputadas em agosto, na Gávea, foram pagos nesta terça-feira (18), após confirmação dos exames antidoping.

Rainha Pioneira chega à incrível marca de 20 vitórias

Brasileira do Haras Belmont conquistou o Clásico Verona, na jornada do GP Latinoamericano, expandindo os números de seu impactante retrospecto.