27 fev 2021 | 15:50:04

Ultra Bom confirma pule de devolução na Prova Especial Dark Brown

Corredor do Haras São Marcos Paulista venceu com facilidade.

Ultra Bom não deu susto

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Neste sábado (27), no Jockey Club de São Paulo, produtos de 3 e mais anos disputaram a Prova Especial Dark Brown, em 1.900m na pista de areia (encharcada, pela variante). Vitória da “pule de 10”, Ultra Bom, 5 anos, filho de Quick Road e Uaiasol (Choctaw Ridge), de criação do Haras Calunga e propriedade do Haras São Marcos Paulista.

Okay Stein foi quem tomou a iniciativa da prova, após a largada, assumindo a ponta. Gato Lindo corria em segundo, com Ultra Bom acionando em terceiro. Zepellin era o quarto.

Ao final da reta oposta, Gato Lindo recebeu rédeas do jóquei e assumiu a ponta. Correndo por ele, Marcos Ribeiro também acelerou Ultra Bom, que, assim, não permitiu que Gato Lindo escapasse, na primeira colocação.

Girando por fora de Gato Lindo, para a reta final, Ultra Bom não demorou para igualar a linha do ponteiro. Com facilidade, Ultra Bom desalojou Gato Lindo da primeira colocação, quando faltavam 300 metros para o disco.

Gato Lindo, 10 corpos atrás de Ultra Bom, formou a dupla. Depois. Okay Stein e Zepellin.

Treinado por Victorio Fornasaro, Ultra Bom passa a contar com 8 vitórias em 20 saídas. Tempo de 1:55.67, com finais de 25.46 e 12.86.

Mais notícias

Delray Beach demonstra – muitas – sobras em Cidade Jardim

Filha do nacional Que Fenômeno, potranca de Adolpho Smith de Vaconcellos venceu a Prova Especial Raphael de Barros Filho.

Ler na íntegra

De ponta a ponta, Rock King vence prova especial

Defensor de Mario Sparano Vitelli conquistou a Prova Especial C.P.O.R. – Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São Paulo – Centro Solar dos Andradas.

Ler na íntegra

Kentucky acena para mudanças nas punições de treinadores em casos de doping

Após acontecimentos recentes, nos quais houve abrandamento de punições aplicadas a treinadores, para situações de doping, Kentucky Horse Racing Commission propõe alterações nas normas do estado acerca do tema – que deverá ampliar as possibilidades de defesa dos profissionais.

Ler na íntegra