10 maio 2019 | 11:09:03

Xonado e Art Dollar: brilham os garanhões nacionais na nova geração em Curitiba

Produtos de Skypilot e Billion Dollar venceram listed races na capital paranaense.

Xonado resistiu aos avanços de King Three.

Imagem: Erick Cunha/Divulgação JCP

Na jornada realizada na quinta-feira (9), em Curitiba/PR, a geração 2016 viveu momentos importantes no desenrolar de seu calendário. Neles, prevaleceu a figura do garanhão nacional.

Produtos de 2 anos disputaram o Clássico Associação Brasileira dos Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida (L), em 1.400m na pista de areia. Vitória de Xonado, filho de Skypilot e Largess (Feijão Preto), de criação e propriedade do Haras Free Way.

Tomando a ponta logo após a largada, Xonado tinha, no seu encalço, Mestre do Iguassu (Glória de Campeão) e Kopenhagen (Midshipman). Logo nos primeiros lances da reta final, Xonado desvencilhou-se de ambos, ao passo que King Three (Salto), em rápidos galões, assumiu o segundo posto e passou a carregar sobre o ponteiro.

Com Vicente Paiva trazendo-o a “canto chorado”, até o espelho, Xonado derrotou King Three por pescoço. Mestre do Iguassu (2) foi o terceiro, finalizando Kopenhagen (9 e ¼) e Olympic Jack (por Agnes Gold, 24 e ¼) no complemento do marcador.

Treinado por Marcos Decki, Xonado conquistou a segunda vitória (primeira clássica) em 4 saídas produzidas entre Curitiba e Rio de Janeiro. Tempo de 1:29.90.

Já no embate reservado às potrancas de 2 anos, a estreante Art Dollar, pertencente à primeira geração de Billion Dollar – na matriz Ziti Fighter (Irish Fighter) – de criação do Haras Centro Cerra e propriedade do Stud Ajato, conquistou o Clássico Alô Ticoulat Guimarães (L), em 1.400m na raia de areia.

Art Dollar tratou dos papéis logo após a partida, tomando a ponta. Rahffes (Agnes Gold) corria em segundo, com Kate Flying (Midshipman) e Kawaii Runner (Midshipman) disputando a Terceira colocação.

Colocada para correr, por Marcos Ribeiro, no tiro direto, Art Dollar manteve o bom ritmo na dianteira, não dando qualquer chance, de aproximação, a Rhaffes. Em vitória firme, derrotou a filha de Agnes Gold por 2 corpos e ¾. Kate Flying (10 e ¼) foi a terceira. Depois, Nala (por Setembro Chove, 20) e Kawaii Runner (21 e ½).

Recebendo treinamento de D. Gonçalves, Art Dollar assinalou 1:29.30 para a distância.

Mais notícias

La Dorothea e Lavor, dupla perfeita na Prova Especial Assembleia Legislativa

Corredora do Haras Phillipson levou a melhor no quilômetro.

Ler na íntegra

Nota de falecimento: Heitor Peixoto de Castro Palhares

Faleceu ontem à noite o turfista, criador e sócio do Jockey Club Brasileiro, Heitor Peixoto de Castro Palhares. Como criador, Heitor sempre teve éguas na reprodução, alojadas e registradas na Fazenda Mondesir e são de sua criação, animais como Condesir-G2, Fuco-G1, Classic Cool-G3, Legend Wind-G2, Ondesir, Fado, Macis, entre outros. O craque Sunset (GP Brasil 1978) também era de sua... [continua ]

Ler na íntegra

Leilão da Criação Nacional: inscrições abertas

Leilão será realizado, em São Paulo, nos dias 1º e 2 de maio.

Ler na íntegra