01 jul 2020 | 20:15:14

Zaykava, filha de Zarkava, estreia com vitória, na França

Descendente da lendária corredora de Aga Khan venceu eliminatória, em Compiegne.

Zaykava estreou com vitória

Imagem: Scoop Dyga/Thoroughbred Daily News

Nesta quarta-feira (1/7), em Compiegne, na França, estreou com vitória Zaykava, o oitavo produto da lendária Zarkava.

Filha do garanhão Siyouni, a potranca de 3 anos, de criação e propriedade de Aga Khan, deixou impressão das melhores ao derrotar Animal Fever por 2 corpos e ½ ao final dos 2000 metros, na raia de grama. Zaykava foi conduzida e é treinada, respectivamente, por Christophe Soumillon e André Fabre, que também foram jóquei e treinador da própria Zarkava.

Invicta em 7 saídas, Zarkava – Zamindar e Zarkasha (Kahyasi) – foi uma das melhores fêmeas da história do turfe mundial. Ela venceu, aos 2 anos, o Prix Marcel Boussac (G1). Aos 3, bateu o recorde da Poule d’Essai des Poulains (G1), conquistou o Prix Diane (G1), o Prix Vermeille (G1) e, por fim, derrotou os machos no Prix l’Arc de Triomphe (G1).

Até aqui, Zarak (Dubawi), nascido em 2013, figura como o destaque da produção de Zarkava – que pariu em todos os anos, desde que deu à luz seu primeiro produto, em 2010. Ele venceu, dentre outros páreos, o Grand Prix de Saint-Cloud (G1).

Mais notícias

Etrusca desacata as mais velhas no GP Oswaldo Aranha (gr.II)

Defensor do Stud Globo aprovou a subida de distância até a milha e meia.

Ler na íntegra

Cristal: Divertida Halo levou o melhor páreo

Potranca de Rômulo Bruscato venceu o Clássico J. F. de Assis Brasil.

Ler na íntegra

Grécia Central não dá susto e assume a liderança entre as fêmeas

Após estrear com vitória numa eliminatória em janeiro, em Curitiba, na distância dos 800 metros (em pista de areia), Grécia Central, filha de Crafty C.T. e Grega (Street Cry), de criação e propriedade do Haras Cifra, debutou vitoriosamente em Cidade Jardim, nesse domingo (12), por ocasião do Clássico Pres. Luiz Alves de Almeida (L), em 1.000m na raia de grama,... [continua ]

Ler na íntegra