Banner Haras Regina Topo
25 Fev 2017 | 01:45:10

Nadador Lô e Argona despontam como líderes no Cristal

Atrações dessa quinta-feira (23) em Porto Alegre, os Clássicos Oswaldo Aranha e J. A. Flores da Cunha, reservados a fêmeas e machos de 2 anos, respectivamente, tiveram em Argona e Nadador Lô os seus vencedores. Ambos, assim, despontam como os líderes da nova geração no Cristal.

Nadador Lô (por fora) sacou uma cabeça sobre Fato após movimentada reta final
Imagem: Divulgação JCRS

Ganhadora de uma das eliminatórias do último GP Turfe Gaúcho, Argona largou "limpa" na primeira colocação do Clássico Oswaldo Aranha. Na curva, Equestria (Thompson Rouge) tentou forçar pela cerca para cima da ponteira, sem sucesso, no entanto. Levada para para o externo da pista por Gelson Ribeiro no tiro direto, Argona não encontrou qualquer dificuldade para dar manutenção à primeira colocação. 

No disco, Argona trazia 5 corpos sobre Equestria, com Fera Radical (Desejado Thunder) terminando em terceiro. Zingarella Bella (Silver Train) foi a quarta e Super Plenty (Plenty of Kicks) a quinta. Argona é treinada por E. Dias e em duas corridas obteve a sua primeira vitória. Filha de Benny The Bull e Festividad (Burooj), de criação do Haras Ereporã e propriedade de José Vecchio Filho e Ivan Skroski, a ganhadora parou os relógios em 1:10.00 para os 1.100 metros.

Na prova correspondente destinada aos "meninos", o campeão do GP Turfe Gaúcho, Fato (Adriano) saiu com pressa dos boxes e assumiu a ponta do Clássico J. A. Flores da Cunha. Numa partida longa de M. B. Souza, Nadador Lô passou para segundo na curva, abrindo fogo contra Fato.

No tiro direto, a Fato e Nadador Lô proporcionaram um movimentaram duelo ao público apostador. E depois de insistir durante toda a reta sobre Fato, Nadador Lô sacou cabeça de vantagem sobre o oponente. Ganache (Inexplicable) foi o terceiro, ao passo que Dolce D'Anafer (Union Avenue) e Best Top (Top Hat) completaram o marcador. H. P. Machado é o treinador de Nadador Lô, que soma uma vitória em 2 tentativas. Filho de Crimson Tide e Yes Grêmio (Exile King), Nadador Lô - de criação do Haras Capela de Santana e propriedade do Stud Casablanca - assinalou 1:08.30 para os 1.100 metros.

Mais notícias

Quem vencerá o Grande Prêmio Roberto e Nelson Grimaldi Seabra?

“Brasil das Éguas” é atração no sábado véspera do Grande Prêmio Brasil (gr.I).

Ler na íntegra

Nas pegadas de Alta Vista, Hembra vence G3 em Cidade Jardim

Filha da múltipla ganhadora de G1, Alta Vista, conquistou o GP Presidente José Antonio Pamplona de Andrade (gr.III) e assumiu a liderança entre as potrancas, na capital paulista.

Ler na íntegra

EUA: filho da brasileira Feel Ridge, Violent Ridge desponta na Califórnia

Potro norte-americano obteve a segunda vitória aos 3 anos e passa a postular alguns dos melhores páreos de sua geração.

Ler na íntegra