11 maio 2019 | 22:11:27

Agassi converte match point para o GP Brasil

Potro do Stud Verde foi o melhor no GP Doutor Frontin (gr.II).

Vagner Borges vibra com a vitória de Agassi.

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Neste sábado (11), no Jockey Club Brasileiro, produtos de 3 e mais anos disputaram o Grande Prêmio Doutor Frontin (gr.II), em 2.400m na pista de grama (leve, com 7m de cerca móvel), em teste para o GP Brasil. Vitória de Agassi, 3 anos, filho de Wild Event na ganhadora de G1, Grand I Ask (Yagli), de criação do Haras Old Friends e propriedade do Stud Verde.

Enquanto Deep Dream (Redattore) regulava o train de corrida, na primeira posição, Vagner Borges posicionava Agassi na disputa da quarta colocação, ao lado do favorito Or Noir (Soldier of Fortune). Com Borges aproveitando cada centímetro do percurso, ao fazê-lo pela baliza um, Agassi ingressou na reta final em francos avanços, rente aos paus.

Na altura dos 300 finais, Agassi e Leviatan (Shanghai Bobby) avançaram, emparelhados, sobre Deep Dream. Or Noir, mais atrás, não descontava um palmo. Com melhor ação, Agassi não apenas dominou Deep Dream como também neutralizou, com sucesso, as investidas de Leviatan – derrotando-o por ¾ de corpo. Deep Dream (2 e ½) foi o terceiro, com Or Noir (3 e ¾) e Turkish (por Shanghai Bobby, 5 e ¼) completando o marcador.

A seguir, Deep End, Star Wars e Desejado Outplay.

Emplacando ponta e dupla, Luis Esteves enviou Agassi, estado soberbo, à raia, para que obtivesse a terceira vitória (primeira clássica) em 7 saídas. A milha e meia foi percorrida no tempo de 2:31.07.

Mais notícias

Porto Alegre: Equestria e Formaggio dominaram os clássicos da semana

Geração 2014 disputou os dois principais páreos da última sexta-feira (3), no Hipódromo do Cristal.

Ler na íntegra

Agassi converte match point para o GP Brasil

Potro do Stud Verde foi o melhor no GP Doutor Frontin (gr.II).

Ler na íntegra

Nota de Falecimento: Antônio Alvani

Antônio Alvani Imagem: Porfírio Menezes Um dos mais consagrados profissionais de turfe do Brasil, ex-jóquei e ex-treinador Antônio Alvani, faleceu hoje pela manhã, aos 75 anos, no Hospital Regional da cidade de Araranguá, em Santa Catarina. Antonio Alvani Miguel, nascido em 06 de outubro de 1942, começou a carreira, em 1958, no antigo prado Moinhos de Vento, em Porto Alegre.... [continua ]

Ler na íntegra