12 jan 2020 | 14:13:55

Aos 9 anos, Ohio vence stakes nos Estados Unidos

Com campanha marcada pela longevidade e qualidade, crioulo da Fazenda Mondesir conquistou, pela segunda vez, o Cotton Fitzsimmons Mile Handicap (black type).

Ohio resistiu, por cabeça, às investidas de Arizona Moon.

Imagem: Daily Racing Form/Coady Photo

Poucas horas após a vitória de Jolie Olímpica, a criação brasileira foi brindada com outro stakes, nos Estados Unidos. No auge dos seus 9 anos, Ohio, filho de Elusive Quality e Etoile Blanc (Nedawi), de criação da Fazenda Mondesir e propriedade de Eclipse Thoroughbred Partners e Bruce Treitman, conquistou, pelo segundo ano consecutivo, o Cotton Fitzsimmons Mile Handicap (black type), em 1.600m na pista de grama, para produtos de 4 e mais anos, em Turf Paradise. Dotação de US$ 75 mil.

Com Jose Valdivia “up”, Ohio foi mantido no pelotão intermediário, durante a maior parte do tempo. Numa partida longa, passou para segundo, na cabeceira da curva. Na reta final, depois de ultrapassar Mr. Jagermeister, teve de lidar com o tropel de Arizona Moon. Em que pese os avanços do tordilho, Ohio bateu-lhe, por cabeça. O irlandês River Boyne foi o terceiro colocado. Mr. Jagermeister em quarto.

Treinado por Michael McCarthy, Ohio obteve sua décima vitória em 33 saídas produzidas entre Brasil, Argentina e Estados Unidos. Múltiplo ganhador clássico, obteve no Frank E. Kilroe Mile Stakes (gr.I), no ano passado, o mais importante êxito de sua campanha.

Tempo de 1:35.85.

Mais notícias

Amada Alada faz as pazes com o disco em Porto Alegre

Clássico Presidente Naio Lopes de Almeida marcou a principal prova do dia na capital gaúcha

Ler na íntegra

Uruguai: jóqueis passam a deter direito de imagem e têm autorizada publicidade em botas e culotes

Direito de imagem dos jóqueis pertencia, até então, à Hipica Rioplatense Uruguay S.A.

Ler na íntegra

Desejada Naka desacata os machos e bate recorde na trilha do “Bento”

Corredora da Coudelaria F.B.L. apresenta-se como um dos melhores animais em treinamento no turfe gaúcho.

Ler na íntegra