27 maio 2018 | 17:27:43

Argentina: La Extrana Dama esnoba os machos no 25 de Mayo

Após dezesseis anos sem que uma fêmea vencesse tradicional prova do turfe argentino, filha de Catcher In The Rye deixou machos a ver navios, em San Isidro.

La Extrana Dama venceu com autoridade e se credenciou à disputa da Breeders' Cup Turf.

Imagem: Carlos Lares/La Nación

Na sexta-feira (25), produtos de 3 e mais anos disputaram, em San Isidro, o tradicional Gran Premio 25 de Mayo (gr.I), em 2.400m na pista de grama (macia). Dezesseis anos após a última vitória de uma égua, na prova (Miss Carry, em 2002), La Extraña Dama, 4 anos, filha de Catcher In The Rye na excelente Toda Uma Dama (por Cipayo, criada pelo Haras Rodeo Chico, venceu o Santa Margarita Handicap (gr.I),nos Estados Unidos), de criação e propriedade do Haras De La Pomme, conquistou vitória maiúscula.

Mantida no pelotão intermediário por Eduardo Ortega Pavon, La Extrana Dama ingressou na reta final já na cola dos ponteiros. Encontrando espaço para avançar, La Extrana Dama fez pouco caso dos adversários, derrotando Marcus Aurelius (Catcher In The Rye) por 4 corpos. Must Go On (Freud), que não corria desde a versão 2017 deste mesmo páreo, ficou com a terceira posição.

O brasileiro Champion Star (por Hard Buck, do Haras San Francesco) foi o sexto.

La Extrana Dama recebe o treinamento de Jose Cristobal Blanco e obteve a oitava vitória em 21 saídas. Ganhadora do Gran Premio Gilberto Lerena (gr.I), percorreu a milha e meia na marca de 2:31.34. Com a vitória, La Extrana Dama qualificou-se para disputar, em novembro, a Breeders’ Cup Turf (gr.I), em Churchill Downs.

No Gran Premio Gran Criterium (gr.I), em 1.600m na pista de grama (macia), para produtos de 2 anos, vitória do tordilho Tremendo Tordo, filho de Hurricane Cat e Campi Di Roma (Romanov), de criação do Haras El Mallin e propriedade de Stud Xallas. Conduzido por Wilson Moreyra, derrotou, por 3 corpos, On The Road. Este, por sua vez, é um filho dos nacionais Quick Road e Intuição Direta (Roi Normand), de criação e propriedade do Haras La Providencia. Recebeu condução de Altair Domingos, sendo treinado por Pedro Nickel Filho.

Tremendo Tordo é treinado por Omar Labanca e obteve a segunda vitória em 5 saídas. Relógios parados na marca de 1:38.10.

Já no Gran Premio de Potrancas (gr.I), em 1.600m na grama, para fêmeas de 2 anos, brilhou Touch of Pink, filha de Heliostatic e Tourelle (Smart Strike), de criação da seção argentina do Haras Santa Maria de Araras e propriedade da Caballeriza El Chesco Viejo. Conduzida pelo brasileiro Francisco Leandro, Touch of Pink mandou na prova desde a largada, batendo Llamas de Acero (Fuego) por 3 corpos.

Treinada por Javier de La Cal, Touch of Pink assinalou 1:39.58 para a distância, quando da obtenção de sua segunda vitória em 6 saídas. Tempo de 1:39.58.

Mais notícias

Aos 9 anos, Ohio vence stakes nos Estados Unidos

Com campanha marcada pela longevidade e qualidade, crioulo da Fazenda Mondesir conquistou, pela segunda vez, o Cotton Fitzsimmons Mile Handicap (black type).

Ler na íntegra

Cristal: Olé Gremista vence entre as fêmeas. Don Itá e Obinophone empatam no embate dos machos

Nove páreos foram disputados na sexta-feira, em Porto Alegre.

Ler na íntegra

Logo mais, páreo de amadores enfeita reunião em Curitiba

Depois do sucesso no Rio de Janeiro, jóqueis não profissionais atuarão na capital paranaense.

Ler na íntegra