17 nov 2020 | 19:13:01

Criação: Synchrony, o primeiro Tapit a servir no Paraná

Corredor importado pelo Haras Cima ingressará na reprodução, em 2021.

Múltiplo ganhador clássico, Synchrony será o primeiro Tapit a servir no Paraná

Imagem: Bill Denver/EQUI Photo/Blood Horse

Depois de Hofburg, a criação brasileira contará, em 2021, com o “seu” segundo Tapit. Importação do Haras Cima, Synchrony, 7 anos, filho de Tapit e Brownie Points (Forest Wildcat), de criação de Pin Oak Stable, a quem Synchrony também defendeu, em pista, servirá no Paraná, a partir da próxima temporada de monta.

Em 29 saídas – realizadas entre Estados Unidos e Canadá, dos 3 aos 7 anos de idade – Synchrony conquistou 9 primeiros lugares. Seus principais êxitos ocorreram no Muniz Memorial Handicap (G2, no qual derrotou, dentre outros, os ganhadores de G1 Zulu Alpha e Arklow), no King Edward Stakes (G2), no Fair Grounds Handicap (G3, 2 vezes), no Oceanport Stakes (G3) e no Red Bank Stakes (G3).

Sem prejuízo das vitórias acima, Synchrony foi, ainda, terceiro colocado no Turf Classic Stakes (G1), em Churchill Downs, no qual finalizou atrás dos múltiplos ganhadores de graduação máxima Yoshida e Beach Patrol – que, atualmente, servem como reprodutores no Kentucky e no Japão, respectivamente,

A campanha de Synchrony foi encerrada com mais de US$ 956 mil, em somas ganhas.

Sua mãe, Brownie Points, foi, a exemplo dele, uma múltipla stakes winner. Inobstante seus êxitos, Brownie Points escoltou ninguém menos que Zenyatta no Apple Blossom Handicap (G1). Além de Synchrony, deu à luz a ganhadora de G3, Chocolate Kisses, e a stakes winnner, Point System.

A terceira mãe de Synchrony, Northern Style (Ack Ack), também produziu a múltipla ganhadora de G3 e terceira colocada no Beverly Hills Handicap (G1), Stylish Star.

Abaixo, o replay da vitória de Synchrony no já citado King Edward Stakes, prova de G2, disputada em Woodbine, no ano passado.

Mais notícias

Reprodutores no Brasil: relação e números das coberturas em 2019

Levantamento leva em consideração dados fornecidos por criadores até o dia 04 de junho (sujeito a atualizações/alterações).

Ler na íntegra

Leilão da Criação Nacional: Olympic Idaho, um Acteon Man, alcança R$ 165 mil na segunda noite

Potro adquirido por Black Opal Stud junto ao Haras Regina foi o preço recorde do leilão em 2017

Ler na íntegra

Halston vence G3 e faz história em Hong Kong

Brasileiro criado pelo Haras Cifra, ao vencer a Queen Mother Memorial Cup (G3), tornou-se o primeiro sul-americano, na história, a vencer prova de graduação internacional, em Hong Kong.

Ler na íntegra