02 set 2017 | 16:59:43

De ponta a ponta, Gibraltar Point fatura o Grande Prêmio Ipiranga (gr.I)

Sintonia perfeita entre o castanho escuro e Carlos Lavor rendeu a primeira coroa ao Haras Kigrandi.

Gibraltar Point e Carlos Lavor: dupla perfeita

Imagem: Marília Lemos

Disputado por produtos de 3 anos, o Grande Prêmio Ipiranga (gr.I), em 1.600m na pista de grama, marcou a 1ª prova da tríplice coroa, em Cidade Jardim, neste sábado (2). Venceu Gibraltar Point, filho de Rock of Gibraltar e Rarité (Nugget Point), de criação e propriedade do Haras Kigrandi.

Como de praxe, Gibraltar Point assumiu a primeira colocação no pique de partida. Gladiator Basco (Siphon), por fora, apertava o passo para cima do ponteiro. Fort Red (Redattore), recuperando-se de má largada, passava para terceiro. Knight of Glory (Farenheit), Fortune Danz (Soldier of Fortune), Fernandópolis (Quick Road) e Relevo de Birigui (Kará de Birigui) disputavam, emparelhados, a quarta posição.

Nos últimos 1.200 metros, Fort Red tomou a segunda posição de Gladiator Basco. Pela cerca interna, Fortune Danz embolava na briga pelo terceiro. Enquanto isso, na dianteira, Gibraltar Point trocava orelhas – regulando o ritmo do páreo, a seu gosto.

Abordada a reta final, Fortune Danz passou para segundo e partiu para cima de Gibraltar Point. Carlos Lavor não se fez de rogado e, diante dos avanços adversários, colocou Gibraltar Point para correr. A dupla, em questão de poucos metros, abriu grande vantagem nos dois primeiros postos.

Aparando com segurança as investidas de Fortune Danz, Gibraltar Point cruzou o disco de sentença 1 corpo e ¾ à frente do oponente, de ótima atuação. Gladiator Basco (12 e ¾) finalizou em terceiro, terminando Knight of Glory (12 e ¾) e Fernandópolis (14 e ½) nas posições subsequentes.

Depois: Relevo de Birigui e Fort Red.

Primeira vitória de G1 do jovem treinador Thiago Haidar, Gibraltar Point conquistou o terceiro êxito em 4 apresentações. Vitorioso no Grande Prêmio Farwell (gr.I) e na Prova Especial Jayme Torres – além de uma quarta colocação – no GP Pres. José de Souza Queiroz (gr.III), Gibraltar Point registrou 1:33.72 para a distância, com finais de 23.29 e 12.11.

 

Mais notícias

Instrução Normativa SBB n. 03/2020

Ler na íntegra

De ponta a ponta, Pau-Rei de Birigui levanta o Grande Prêmio Oswaldo Aranha (gr.II)

Defensor do Stud Birigui obteve a primeira vitória clássica de sua campanha no trial do GP São Paulo 2017

Ler na íntegra

Kentucky acena para mudanças nas punições de treinadores em casos de doping

Após acontecimentos recentes, nos quais houve abrandamento de punições aplicadas a treinadores, para situações de doping, Kentucky Horse Racing Commission propõe alterações nas normas do estado acerca do tema – que deverá ampliar as possibilidades de defesa dos profissionais.

Ler na íntegra