30 mar 2024 | 21:20:23

De ponta a ponta, Laurel River conquista vitória esmagadora na Dubai World Cup (G1)

Norte-americano da Juddmonte brilhou, no momento mais aguardado do ano, em Meydan.


Laurel River obteve vitória esmagadora, em Meydan.

Imagem: Emirates Racing Authority (Divulgação)

Neste sábado (30), em Meydan, foi disputada a Dubai World Cup (G1), em 2.000m na raia de areia, para animais de 3 e mais anos, com US$ 12 milhões de dotação. Vitória, de ponta a ponta, do norte-americano Laurel River, 6 anos, filho de Into Mischief e Calm Water (por Empire Maker, trata-se de uma irmã materna dos nossos conhecidos Courtier e Hofburg), de criação e propriedade da Juddmonte.

Repetindo o script de sua esmagadora vitória, obtida na milha do Burj Nahaar (G3), Laurel River assumiu a dianteira logo após a largada, para não mais abandoná-la, até o disco. Conduzido por Tadhg O' Shea, o castanho ingressou na reta final absoluto - já sendo, àquela altura, muito improvável o despontar de alguma atropelada capaz de impedir o seu êxito.

Ganhador do páreo, em 2023, o japonês Ushba Tesoro atropelou para formar a dupla, a 8 corpos e 1/2. Señor Buscador, que vinha de derrotar o próprio Ushba Tesoro na Saudi Cup (G1), ficou com a terceira colocação. Wilson Tesoro e Dura Erede, outros dois representantes do turfe nipônico, completaram o marcador.

Treinado por Bhupat Seemar, Laurel River, que iniciou sua campanha nos Estados Unidos - onde venceu, inclusive, o Pat O'Brien Stakes (G2) -, conquistou sua 6ª vitória em 10 corridas. Tempo de 2:02.31.

Rebel's Romance, 6 anos, filho de Dubawi e Minidress (Street Cry), de criação e propriedade da Godolphin, conquistou a Dubai Sheema Classic (G1), em 2.400m na grama, bolsa de US$ 6 milhões. O ganhador foi conduzido por William Buick e recebe o treinamento de Charlie Appleby. Igualmente castrado e criado na Irlanda, Facteur Cheval, 5 anos, filho de Ribchester e Jawlaat (Shamardal), levantou a Dubai Turf (G1), em 1.900m na raia de grama, com prêmios de US$ 5 milhões. Treinamento para Jerome Reynier e condução de Maxime Guyon, sendo o ganhador um defensor da Team Valor, de criação de McCracken Farms.

Mais uma conquista da dupla Bhupat Seemar e Tadhg O' Shea, o norte-americano Tuz, 7 anos, filho de Oxbow e Suede Show (Pulpit), de criação da Calumet Farm e propriedade de Dakki Stable, levantou a Dubai Golden Shaeen (G1), em 1.200m na areia, com dotação de US$ 2 milhões. Irlandês radicado no turfe de Hong Kong, o 6 anos California Spangle, filho de Starspangledbanner e Pearlitas Passion (High Chaparral), de criação de M. Enright e propriedade de Howard Liang Yum Shing, tornou-se o novo recordista, dos 1.000m na grama, em Meydan, ao vencer a Al Quoz Sprint (G1), com bolsa de US$ 1,5 milhão. Treinamento de Anthony da Cruz e condução de Brenton Avdulla.

 

Mais notícias

Especial Leilão da Criação Nacional: Stud Quintella

Poker Face: "gema" da criação do Stud Quintella, filho de Wild Event atualmente serve à coudelaria na reprodução Imagem: Gérson Martins Paixão de amigos. Paixão de pai, para filho. Assim Antonio Landim Meirelles Quintella deu seus primeiros passos no turfe, há mais de quatro décadas. De lá para cá, o gosto pela atividade fez da farda negra, com costuras e... [continua ]

Grande Prêmio Turfe Paranaense tem campo divulgado

Prova, que homenageará Dante Luiz Franceschi, será disputada, entre sábado (20) e domingo (21), em Curitiba. Na sexta-feira (19), os remates.

Mais da Breeders' Cup: resultados, replays e destaques do festival norte-americano

Corridas em Santa Anita Park concentraram as atenções do turfe internacional, no final de semana.