27 jul 2020 | 21:23:59

Elke do Jaguarete vence eliminatória com $ 100 mil de bolsa, em Woodbine

Criada no Brasil, pelo Stud Jaguarete, filha de Public Purse obteve a primeira vitória da campanha.


Elke do Jaguarete venceu em vibrante atropelada

Imagem: Transmissão Woodbine

No domingo (26), em Woodbine, éguas de 3 e mais anos disputaram eliminatória, na distância dos 1.600m, em pista de grama, com 123 mil dólares canadenses (cerca de R$ 474 mil) em prêmios. Vitória da brasileira Elke do Jaguarete, 4 anos, filha de Public Purse e Flower Fest (Crimson Tide), de criação do Stud Jaguarete e propriedade de I. C. Racing.

Mantida no pelotão intermediário por Kazushi Kimura, Elke do Jaguarete atropelou com sucesso, na reta final. Derrotou Sky Dragon por 2 corpos e ½, tendo finalizado Lady Kratos na terceira colocação.

Treinada pelo argentino Ignacio Correas, Elke do Jaguarete obteve sua 1ª vitória em 4 saídas. Tempo de 1:34.40.

Elke do Jaguarete foi exportada, ainda inédita, para a América do Norte, onde desenvolve sua campanha. Sua negociação foi motivada, em grande parte, por se tratar de uma irmã própria de Cash do Jaguarete, múltiplo ganhador de G1 no Brasil e atualmente desempenhando campanha clássica – onde atua sob a alcunha de Harmony Victory – em Hong Kong.

A linha materna de Elke do Jaguarete remonta à craque da Fazenda Mondesir, Eloquência. Quinta mãe de Elke do Jaguarete, Eloquência (filha de Prosper, nascida em 1961) venceu, dentre outros páreos, os Grandes Prêmios Barão de Piracicaba e José Guathemozin Nogueira, tendo lhe faltado, apenas, o GP Diana, para a conquista da tríplice coroa paulista.

Mais notícias

Os 35 anos da Copa dos Criadores

Festival destinado ao congraçamento dos turfistas brasileiros, e ao fomento do cavalo PSI criado no país, a Copa dos Criadores atravessa gerações rumo à sua quarta década de existência.

Janelle Monae brilha no GP Diana (G1) e fica a um passo da Tríplice Coroa

Potranca do Haras Santa Rita da Serra segue sem conhecer derrota e poderá suceder No Regrets no rol de tríplices coroadas do turfe carioca.

No retorno de Enable, melhor para Ghaiyyath

Corredor da Godolphin superou Enable, que não corria desde o Arco do ano passado, no Eclipse Stakes (G1).