06 nov 2023 | 20:31:46

Entre os machos, Monanfan garante seu primeiro grande prêmio

Potro do Stud Principessa Di Capri levantou o Grande Prêmio Ernani de Freitas (G3).


Monanfan conquistou seu batismo clássico.

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Destinado a produtos de 3 anos, o Grande Prêmio Ernani de Freitas (G3), em 1.500m na raia de grama (pesada), foi disputado nesta segunda-feira (6), no Jockey Club Brasileiro. Superioridade de Monanfan, filho de Drosselmeyer e Principessa Capri (Northern Afleet), de criação e propriedade do Stud Principessa Di Capri.

My Inmortal foi o responsável por puxar o train de corrida. Monanfan, próximo, corria em segundo. Mexicano completava o trio dos preferidos do público apostador. 

Keep Legendary, Toque de Amor e Renewed Hope vinham depois.

Para o tiro direto, Monanfan girou, a puro galope, ao lado de My Inmortal. Olhando para trás, à procura dos oponentes mais próximos, Leandro Henrique aguardou, até a altura dos 350 finais, para fazer a partida em Monanfan. 

Despachando seus adversários, o alazão escapou para o vencedor, numa firme e fácil vitória. Em longa atropelada, Toque de Amor formou a dupla a 2 corpos e 1/2. Keep Legendary foi o terceiro. Mexicano e Renewed Hope completaram o marcador. A seguir, My Inmortal.

Treinador dos dois primeiros colocados, Roberto Morgado Neto enviou Monanfan à raia para que o corredor obtivesse a sua 2ª vitória (1ª clássica) em 5 corridas. Tempo de 1:31.09.

 

 

Mais notícias

Universal Law encerra campanha e ingressará na reprodução

Por ora no Kentucky, Atual "Cavalo do Ano" no Troféu Mossoró retornará em abril para o Brasil

Divino Corunilha resiste a Hubli nos 1.800 metros

Vencedor do Clássico Nestor Cavalcanti de Magalhães pertence ao Stud Lobão de Pelotas.

Lionel The Best e Fast Jet Court encabeçam pré-inscrições para sequências das tríplices coroas

Grandes Prêmios Jockey Club de São Paulo (G1) e Henrique de Toledo Lara (G1) serão disputados no próximo dia 3 de outubro.