31 mar 2018 | 19:06:33

Entre os potros, Olímpico supera Quick Hillie

Filho do nacional Jeune-Turc, defensor do Haras Moema, conquistou o GP Presidente José de Souza Queiroz (gr.II).


Olímpico (por fora) superou Quick Hillie por cabeça

Imagem: Marília Lemos

Destinado a produtos de 2 anos, o Grande Prêmio Presidente José de Souza Queiroz (gr.II), em 1.400m na pista de grama (pesada, com 7m de cerca móvel), teve sua disputa neste sábado (31), em Cidade Jardim. Venceu Olímpico, filho do nacional Jeune-Turc e Jolie Camila (Golden Voyager), de criação do Haras Santa Camila e propriedade do Haras Moema.

Gato Arisco (Belur), Gain (Christine’s Outlaw) e Olímpico saíram dos boxes, em disputa acirrada, pela primeira colocação. Avião Sureño (Redattore) aparecia no quarto posto, ao passo que Hassan (Forestry) corria na quinta colocação.

Na curva, Gato Arisco definiu-se na ponta e abriu boa vantagem à frente dos demais. Abordada a reta de chegada, os ponteiros desgarraram. Não demorou para que Olímpico, já com Quick Hillie (Quick Road) na sua pegada, alcançasse Gato Arisco. O favorito Jeune Coureur (Amigoni) tentava avançar, em quarto.

Em que pese os avanços de Jeune Coureur, se percebeu que, dos 150 finais em diante, a sorte do páreo ficaria resumida ao duelo travado por Olímpico e Quick Hillie. Este, que vinha de derrotar o adversário no GP Doutor Ênio Buffolo (gr.III), desta feita teve de se contentar com a formação da dupla. Conduzido por Nelson Alexandre Santos, Quick Hillie venceu por cabeça. Ponta e dupla de produtos de garanhões nacionais. 

Hassan (1 e ¼) finalizou em terceiro, deixando Jeune Coureur (2 e ¼) e Gato Arisco (6 e ¼) no complemento do marcador.

A seguir: Gain, Avião Sureño, Repeat Winner e Lobão.

Treinado por Victorio Fornasaro, Olímpico obteve a segunda vitória em 3 saídas. Ganhador da Prova Especial Soberbo, percorreu a distância na marca de 1:29.50, com finais de 24.86 e 12.80.

Criado pelo Haras Fronteira, Jeune-Turc (Know Heights) protagonizou o valioso double nos Grandes Prêmios Brasil (gr.I) e São Paulo (gr.I), além de ter finalizado em terceiro no GP Carlos Pellegrini (gr.I). Candidato à missão de continuar o legado de seu pai, conta com apenas 72 produtos registrados no Stud Book Brasileiro, distribuídos em 6 gerações.

Mais notícias

Na milha e meia, melhor para Purple Rain

Potranca do Haras Phillipson venceu a Prova Especial Immensity.

EUA: Big Bend vence e Some In Tieme falha no Sycamore Stakes (gr.III)

Filho de Union Rags prevaleceu na melhor prova do dia, em Keeneland.

Up Money conquista a Prova Especial Vicente Romano

Defensor do Haras Free Way confirmou seu favoritismo e assinalou ótima marca.