Banner Haras Regina Topo
09 ago 2019 | 18:19:40

GP Latinoamericano: San Isidro receberá a prova em 2020

Sede foi ratificada em reunião da OSAF. Páreo será disputado no dia 14 de março do próximo ano.

O Hipódromo de San Isidro foi o palco da vitória de Jimwaki no "Latino" de 1998.

Imagem: Arquivo

Na última semana, em reunião da Organização Sul Americana de Fomento ao Puro Sangue Inglês (OSAF), na cidade de São Paulo, houve a ratificação da escolha do Hipódromo de San Isidro como a “casa” do próximo Gran Premio Latinoamericano (gr.I). A prova será disputada no dia 14 de março de 2020, por produtos de 3 e mais anos, na distância dos 2.000m metros em pista de grama.

Será a sexta vez que San Isidro receberá a prova. A mais recente, no ano de 2011, revelou vitória do peruano Bradock. Duplex e Jimwaki, em 1982 e 1998, respectivamente, obtiveram, naquele hipódromo, duas das 10 vitórias obtidas por representantes da criação brasileira, no histórico da competição (replays abaixo). O Brasil, aliás, segue como líder dentre os “berços” dos vitoriosos no Latinoamericano.

Além da prova central, o meeting do GP Latinoamericano também contará com outra prova de caráter internacional: o GP Ezequiel y Ezequiel M. Fernández Guerrico (gr.II), em 1.600m na grama, para éguas de 3 e mais anos.

Para o ano de 2021, o Latinoamericano poderá, pela primeira vez, ser disputado fora da América do Sul. Gulfstream Park, na Flórida, tende a receber o páreo, a depender, obviamente, do sucesso dos organizadores da disputa em superar as barreiras sanitárias e alfandegárias normalmente opostas a corredores sul americanos, em solo norte-americano.

Mais notícias

Tweet ratifica liderança no GP João Cecílio Ferraz – Manetoni (gr.I)

Tordilha foi vendida pelo Haras Santarém ao Stud Capone no Leilão da Criação Nacional ABCPCC 2018.

Ler na íntegra

Aigua, perfeita no GP 25 de Janeiro (gr.II)

Filha do nacional Molengão, de propriedade do Haras Rio Pardo, conquistou a mais importante vitória da campanha, até aqui.

Ler na íntegra

Richiesta vence no quilômetro paulista

Velocista do Stud Fenômeno conquistou o Clássico Jorge Wallace Simonsen.

Ler na íntegra