09 ago 2019 | 15:19:40

GP Latinoamericano: San Isidro receberá a prova em 2020

Sede foi ratificada em reunião da OSAF. Páreo será disputado no dia 14 de março do próximo ano.

O Hipódromo de San Isidro foi o palco da vitória de Jimwaki no "Latino" de 1998.

Imagem: Arquivo

Na última semana, em reunião da Organização Sul Americana de Fomento ao Puro Sangue Inglês (OSAF), na cidade de São Paulo, houve a ratificação da escolha do Hipódromo de San Isidro como a “casa” do próximo Gran Premio Latinoamericano (gr.I). A prova será disputada no dia 14 de março de 2020, por produtos de 3 e mais anos, na distância dos 2.000m metros em pista de grama.

Será a sexta vez que San Isidro receberá a prova. A mais recente, no ano de 2011, revelou vitória do peruano Bradock. Duplex e Jimwaki, em 1982 e 1998, respectivamente, obtiveram, naquele hipódromo, duas das 10 vitórias obtidas por representantes da criação brasileira, no histórico da competição (replays abaixo). O Brasil, aliás, segue como líder dentre os “berços” dos vitoriosos no Latinoamericano.

Além da prova central, o meeting do GP Latinoamericano também contará com outra prova de caráter internacional: o GP Ezequiel y Ezequiel M. Fernández Guerrico (gr.II), em 1.600m na grama, para éguas de 3 e mais anos.

Para o ano de 2021, o Latinoamericano poderá, pela primeira vez, ser disputado fora da América do Sul. Gulfstream Park, na Flórida, tende a receber o páreo, a depender, obviamente, do sucesso dos organizadores da disputa em superar as barreiras sanitárias e alfandegárias normalmente opostas a corredores sul americanos, em solo norte-americano.

Mais notícias

A fantástica história de George Washington ganha as páginas do GP Brasil

Da genialidade de Luis Esteves ao brilho incessante do nacional Redattore: crioulo do Stud TNT, pertencente ao Stud Happy Again, venceu a prova máximo do turfe nacional.

Ler na íntegra

Wil Myers vence e convence no GP Jockey Club de São Paulo (G1)

Potro do Stud Ajato conquistou seu batismo clássico, em vitória convincente.

Ler na íntegra

Na serra, My Cherie Amour segue em recuperação

Campeão do último Grande Prêmio Brasil chegou a ter sua aposentadoria ventilada

Ler na íntegra