23 set 2018 | 15:42:57

Grand Amiga encanta no Grande Prêmio Paraná – Jockey Plaza (gr.III)

Vinte e seis anos depois de Kanaloa, uma fêmea voltou a vencer a prova máxima do turfe paranaense. Filha de Amigoni coroou geração de ouro do Haras Cifra.

Grand Amiga cruza, absoluta. o disco do GP Paraná.

Imagem: Marília Lemos

Momento mais aguardado da tarde deste domingo (23), no Hipódromo do Tarumã, o Grande Prêmio Paraná – Jockey Plaza (gr.III), em 2.000m na pista de areia, foi disputado por produtos de 3 e mais anos, em Curitiba. Vitória da única fêmea do lote, Grand Amiga, 4 anos, filha de Amigoni e Grand Entrance (Choctaw Ridge), de criação e propriedade do Haras Cifra, que obteve sua primeira vitória na prova máxima do turfe local, em coroação da excelente geração 2014 do estabelecimento – uma das melhores, já criadas, pela família Frare.

Após forçar partida, nos trabalhos de alinhamento, High Chris (Christine’s Outlaw) buscou a ponta. Ilustre Senador (Agnes Gold) avançava, mais aberto, correndo First Amour (First American), em terceiro. Grand Amiga, pelos paus, era a quarta.

Na curva da esquerda, Ivaldo Santana aproveitou o espaço existente, pela cerca interna, para acelerar sua conduzida e assumir a primeira posição. High Chris corria em segundo, ao passo que Ilustre Senador, Deep Dream e Olhar Mágico (Pioneering), praticamente emparelhados, disputavam o terceiro.Os jóqueis, visivelmente, cotinham suas montarias, rendendo um ritmo moroso ao páreo.

Superada a curva, sem alterações, Grand Amiga ingressou na reta final já acossada por High Chris. Ilustre Senador e Olhar Mágico, igualmente, se aproximavam, ao passo que Desejado Outplay (First American), vindo do fundo do lote, emplacava bom arremate.

Em que pese os avanços de High Chris e o rigor de Carlos Lavor, Grand Amiga fez-se intransponível no tiro direto. Numa vitória firme, que fez dela a primeira égua a vencer o GP Paraná em 26 anos – a última, Kanaloa, em 1992 – Grand Amiga bateu High Chris por 2 corpos e ½, aproximadamente. Ilustre Senador foi o terceiro, finalizando Olhar Mágico e Desejado Outplay no complemento do placar.

A seguir: Deep Dream, First Amour, Divino, No Ar e Question Time. Leão de Prata não foi apresentado.

De malas prontas para o Uruguai, Delmar Lima Albres encerrou, com chave de ouro, uma de suas mais brilhantes temporadas profissionais. O treinador de Grand Amiga enviou sua pensionista à raia, para que conquistasse a sétima vitória em 12 saídas. Primeira colocada nos Grandes Prêmios Fábio da Silva Prado (gr.II), Luiz de Oliveira Barros (gr.III), José Paulino Nogueira (gr.III) e do Clássico Derby Paranaense (L), precisou de 2:08.60.

Mais notícias

No Presidente da República (L), Ête Kaluanã deixa os machos para trás

Corredora de Alberto J. Tiellet Miorim foi a melhor na “Milha”.

Ler na íntegra

Trio brasileiro busca sétima vitória, da criação nacional, no GP Carlos Pellegrini

Agassi, George Washington e Não Da Mais alinharão na prova máxima do turfe argentino.

Ler na íntegra

EUA: Galope Americano encara G3 neste sábado

Brasileiro alinhará no Red Smith Stakes (gr.III), em Aqueduct.

Ler na íntegra