11 fev 2020 | 22:13:00

Jockey Club de Pelotas realiza primeira reunião após reformas

Corridas levaram bom público às dependências do – reestruturado – Hipódromo da Tablada.

Bom público prestigiou a reunião de reabertura da Tablada.

Imagem: Gabriel Huth/Divulgação J. C. De Pelotas

No último domingo, o Jockey Club de Pelotas realizou jornada da reabertura de portões, cerca de 10 meses após a derradeira reunião turfística. Cinco provas levaram bom público às dependências do Hipódromo da Tablada.

No principal embate da programação, Fort Red (por Redattore, de criação do Haras Old Friends e propriedade do Haras Moema) superou Special Envoy na Prova Especial Reabertura do Jockey Club de Pelotas – Global Oil, em 1.200m na pista de areia. Conduzido por Marcelo B. Souza e treinado por P. Ribeiro, Fort Red parou os cronômetros na marca de 1:14.00. Aqui, o movimento técnico da reunião. Ao final da matéria, os replays das provas.

Em razão da instalação de duas empresas na área do Jockey Club (motivo pelo qual a Tablada não realizava corridas desde o primeiro semestre do ano passado), houve diversas modificações estruturais levadas a cabo. Desde a reforma da pista, passando por instalações elétricas, de internet, sala de jóqueis e chegando na construção de um novo hospital veterinário, os aficionados conferiram as novas instalações de um hipódromo repaginado.

Conforme publicação do Jornal do Comércio, estima-se que os animais alojados no Jockey Club de Pelotas são a base da economia de 150 famílias da região, que direta e indiretamente, prestam serviços relacionados ao cavalo de corrida.

Mais notícias

Latrobe, um Camelot, vence o Irish Derby

Treinado e conduzido, respectivamente, pelos irmãos Joseph O’Brien e Donacha O’Brien, Latrobe conquistou seu batismo clássico na mais importante prova para animais de 3 anos, a Irlanda.

Ler na íntegra

Sexy Reasons vence o Ciudad de Montevideo (gr.I) e brasileira Hastquina forma a dupla

Argentina, neta de Roy, conquistou a prova das éguas no festival uruguaio.

Ler na íntegra

Jolie Olímpica mantém série de exercícios, nos EUA: “mistério” para a Breeders’ Cup

Mesmo sem correr desde julho, craque brasileira é cotada para o festival máximo norte-americano. Mistério ronda o destino de sua inscrição.

Ler na íntegra