16 maio 2020 | 19:46:04

Kopenhagen arranha recorde no Clássico Delegações Turfísticas (L)

Arenático do Haras Springfield conquistou batismo clássico.

Kopenhagen venceu o "Delegações".

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Disputado por produtos de 3 e mais anos, neste sábado (16), em Cidade Jardim, o Clássico Delegações Turfísticas (L), em 2.200m na pista de areia, marcou a primeira vitória black type de Kopenhagen, 3 anos, filho de Midshipman e Left Handed (Vettori), de criação e propriedade do Haras Springfield.

Ghost Breakers fez questão da ponta, após a largada. Olympic Javier corria em segundo, com Aeromani e Joe Gold disputando o terceiro. Kopenhagen era o quinto.

Na reta oposta, quando o ritmo da prova perdeu intensidade, Michel Platini deu rédeas a Kopenhagen, que, emparelhado com Olympic Javier, passou a disputar a ponta. Ghost Breakers sobrava, batido, em terceiro. Royal Forestry, de mais para mais, avançava, no quarto posto.

Abordado o tiro direto, Kopenhagen livrou-se de Olympic Javier. Não demorou, porém, para Royal Forestry carregar sobre Kopengahen. O ponteiro, então, começou a desgarrar. Na altura dos 250 finais, Kopenhagen cruzou a frente de Royal Forestry. E enquanto Kopenhagen foi parar pelo externo da raia, Royal Forestry, por sua vez, rumou à cerca interna.

Após o lance, nada modificou-se. Kopenhagen manteve a vantagem detida à frente de Royal Forestry, derrotando-o por 1 corpo e ¾. Na repesagem, reclamação do jóquei de Royal Forestry, André Luis Silva. Após longa análise, os comissários confirmaram o resultado da pista.

American Tiz foi o terceiro. Olympic Javier e Joe Gold completaram o placar. Depois, Aeromani, Ghost Breakers e Natural Champion.

Treinado, em Curitiba/PR, por Antenor Menegolo Neto, Kopenhagen obteve a quinta vitória (primeira clássica) em 12 saídas. Ao assinalar 2:12.64 (finais de 24.71 e 12.43) para a distância, ficou bastante próximo do recorde de Victory Is Ours, no tempo de 2:12.41.

Mais notícias

Mercado: Keeneland November movimenta US$ 188 milhões. Brasileiras “fazem” US$ 503 mil.

Maior leilão de reprodução dos Estados Unidos apresentou queda nos números, em comparação a 2017. Reprodutoras ou produtos de éguas brasileiras foram comercializados em 10 lotes.

Ler na íntegra

Absoluta, Love 'N' Happiness confirma liderança no GP Immensity (gr.I)

Filha do nacional Setembro Chove deu demonstração de superioridade.

Ler na íntegra

De ponta a ponta, Mano de Piedra levanta grupo III

Milheiro, pertencente a Diego Gosik, prevaleceu no GP Alberto Santos Dumont (gr.III).

Ler na íntegra