07 maio 2017 | 01:02:22

Leilão da Criação Nacional: Olympic Idaho, um Acteon Man, alcança R$ 165 mil na segunda noite

Potro adquirido por Black Opal Stud junto ao Haras Regina foi o preço recorde do leilão em 2017

Foto: ABCPCC

Nesse sábado (6), no tattersall do Jockey Club de São Paulo, foi realizada a segunda noite da etapa paulista do Leilão da Criação Nacional ABCPCC 2017. E no posto de lote mais valorizado, não apenas da segunda bateria, como também de toda a licitação, esteve Olympic Idaho, o número 83 do catálogo, que fora adquirido por Black Opal Stud - junto ao Haras Regina - por R$ 165 mil. 

Filho do nacional Acteon Man e Miss Serena (Singspiel), Olympic Idaho é um irmão materno do precocemente desaparecido, Olympic Galaxy. O preço "cheio" do lote corresponde a parcelas de R$ 11 mil.

Symbolus, um filho de Tiger Heart e Inny (Pulpit), ofertado pelo Haras Santarém no número 73 do catálogo, foi o segundo preço mais alto da segunda noite, ao ser adquirido por João Boyadjian por R$ 78 mil. Outro lote do Haras Santarém, Sicut (número 85 do catálogo), filho de Tiger Heart e Nip (Impression) representou o terceiro maior preço, quando o martelo caiu para o Stud Gentil por R$ 70,5 mil.

Mais notícias

Feiticeira Kowboy, uma Kodiak Kowboy, vence o 50º Turfe Gaúcho

Potranca do Stud y Haras Viejo Paco derrotou os machos na tradicional prova da cancha reta brasileira.

Ler na íntegra

Em final de emoção, Davy Jones vence a Prova Especial Carlos Paes de Barros

Filho do nacional Que Fenômeno é de criação e propriedade de Adolpho Smith de Vasconcellos.

Ler na íntegra

Stud Book Brasileiro informa: falhas na ferramenta de consulta

Quando da reformulação da ferramenta de consulta a histórico de campanhas e pedigrees, no website do Stud Book Brasileiro/ABCPCC, houve a supressão de dados referentes às campanhas de animais, em razão de falhas na transferência de dados, do sistema antigo para o novo sistema. O antigo sistema de armazenamento de dados do Stud Book Brasileiro, para fins de consulta, era... [continua ]

Ler na íntegra