23 abr 2018 | 08:05:04

Maroñas: em grande forma, Holy Legal bate os machos em G3

Velocista do Haras Belmont conquistou fácil vitória no Clásico José Martinelli Gomez (gr.III).

Holy Legal venceu aos esbarros.

Imagem: Ovación Digital

Atração da jornada realizada no domingo (22), em Maroñas, o Clásico José Martinelli Gomez (gr.III), em 1.000m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, marcou nova vitória da brasileira Holy Legal, 4 anos, filha de Holy Roman Emperor e Hora Legal (Minstrel Glory), de criação e propriedade do Haras Belmont.

Pronta de partida, Holy Legal assumiu a dianteira logo após a largada. Na reta de chegada, quando o também brasileiro, El Danzarín (por Dubai Dust, do Stud Duplo Ouro), tentou alguma aproximação, Hector Lazo apenas alertou Holy Legal para que esta sacramentasse firme e fácil vitória.

El Danzarín formou a dupla a 5 corpos em ½. Na terceira colocação finalizou o tordilho Galego (A. P. Cardinal).

Treinada por Ricardo Colombo, Holy Legal obteve a sexta vitória em 16 saídas. Ganhadora, no Brasil, do Clássico Erasmo T. De Assumpção (L), das Provas Especiais Profissionais do Turfe e Polícia Militar do Estado do Paraná, e vinda de vencer, no Uruguai, o Clásico José Shaw (L), Holy Legal parou os relógios na marca de 57.93.

Mais notícias

Future Queen resiste a Escalera Real no GP Marciano de Aguiar Moreira (gr.II).

Defensora do Haras Santa Maria de Araras voltou a brilhar na primeira turma de éguas.

Ler na íntegra

Walk Away estreia com vitória no Clássico Pres. Herculano de Freitas (L)

Potro do Haras Free Way demonstrou qualidade em sua primeira exibição.

Ler na íntegra

Comunicado: JCB pode indicar representante em G3 no dia do Latino

Comunica a Comissão de Corridas que o Jockey Club Brasileiro poderá indicar um animal para o Cl. Thompson Matthes,G3, em 1600 metros/grama para produtos de 3 anos, a ser corrido no Hipódromo de Valparaiso, Chile, no mesmo dia do GP Latinoamericano (05 de março). O prêmio para o ganhador será de US$ 40 mil dólares. O transporte do animal, e... [continua ]

Ler na íntegra