23 jun 2018 | 18:14:00

Merchant Navy repete Black Caviar e encerra o Royal Ascot

Velocista da Coolmore prevaleceu no último G1 do maior festival britânico: os 1.200 metros do Diamond Jubilee Stakes (gr.I), que, em 2012, havia sido vencido pela também australiana Black Caviar.

Merchant Navy (antolhos) venceu o derradeiro G1 do Royal Ascot 2018.

Imagem: Steve Cargill/The Guardian

Neste sábado (23), realizou-se o último dia do Royal Ascot 2018. O maior festival do turfe britânico – tido, por muitos, como o maior meeting turfístico do mundo – teve, na sua data de encerramento, a disputa do Diamond Jubilee Stakes (gr.I), em 1.200m na pista de grama, para produtos de 4 e mais anos. Venceu Merchant Navy, 4 anos, filho de Fastnet Rock e Legally Bay (Snippets), de criação de C. Barham e propriedade de Merchant Navy Syndicate, Derrick Smith, Susan Magnier & Michael Tabor, que rendeu à criação australiana sua segunda vitoria no páreo – tendo ocorrido a primeira pelas patas de Black Caviar, em 2012.

Conduzido por Ryan Moore, Merchant Navy derrotou o francês City Light (Siyouni) por focinho. O norte-americano Bound of Nowhere (The Factor) finalizou em terceiro, a ¾ de corpo. Treinado por Aidan O’Brien, Merchant Navy obteve a sétima vitória em 10 saídas. Ganhador de G1 em seu país natal, percorreu a distância na marca de 1:12.09.

Na outra prova graduada do dia, Crystal Ocean, 4 anos, filho de Sea The Stars e Crystal Star (Mark of Esteem), criado na Grã-Bretanha por Southcourt Stud e de propriedade de Sir Evelyn de Rothschild, conquistou o Hardwicke Stakes (gr.II), em 2.450 (aprox.) na grama, para produtos de 4 e mais anos.

Noutro êxito de Ryan Moore na tarde, bateu Red Verdon (Lemon Drop Kid) por 2 corpos e ½. Cliffs of Mother (Galileo) ficou com a terceira posição. Sir Michael Stoute, talvez a principal estrela do Royal Ascot 2018, encilhou Crystal Ocean para que este conquistasse a quinta vitória em 9 saídas. Relógios parados no tempo de 2:28.08.

Mais notícias

Estados Unidos: Dacita comanda dobrada latina no Beverly D. Stakes (gr.I)

Chilena criada pelo Haras Paso Nevado superou a argentina Dona Bruja em Arlington Park.

Ler na íntegra

Jockey Club Brasileiro anuncia retorno das corridas para 3 de maio.

Premiações sofrerão redução de 40%.

Ler na íntegra

Newmarket: Churchill confirma soberania de Galileo e O'Brien nos 2.000 Guinéus (gr.I)

Potro de Michael Tabor, Derrick Smith e Susan Magnier venceu seu terceiro G1

Ler na íntegra