05 out 2019 | 19:00:59

Mestre Do Iguassu repete e fica a um passo da tríplice coroa

Potro do Haras Rio Iguassu venceu – no novo recorde da prova - o Grande Prêmio Jockey Club de São Paulo (gr.I).


Mestre Do Iguassu: agora só falta o Derby!

Imagem: Marília Lemos

Vindo de vencer o Grande Prêmio Ipiranga (gr.I), Mestre Do Iguassu deu, neste sábado (5), outro passo rumo à conquista da tríplice coroa paulista. O filho de Glória de Campeão e Rainha Carolina (Roi Normand), de criação do Stud TNT e propriedade do Haras Rio Iguassu, venceu o Grande Prêmio Jockey Club de São Paulo (gr.I), em 2.000m na pista de grama (leve), para produtos de 3 anos.

Enquanto Olympic Jumbo e Não Da Mais ditavam o ritmo da prova, André Luis Silva mantinha Mestre Do Iguassu na terceira colocação. Vigiando os ponteiros de perto, ingressou na reta final dando excelente impressão. Rendendo momentos de emoção à prova, Não Da Mais, porém, ensaiou ato de resistência ao tropel do oponente.

Com melhor ação, Mestre Do Iguassu superou Não Da Mais por ¾ de corpo. Olympic Jolteon foi o terceiro colocado. Noblesse You e Atila The King completaram o placar.

A seguir, Olympic Jumbo, Neruda, Head Office e Baita Blade. No Sound derrubou o jóquei poucos metros após a largada.

Treinado em Curitiba/PR, por Ademar de Barros Pereira, Mestre Do Iguassu obteve a segunda vitória em 6 saídas. Ao assinar o tempo de 1:57.89 (finais de 24.35 e 12.48), tornou-se o novo recordista do páreo, superando a antiga marca, de Kará de Birigui (2011), de 1:57.97.

Seu derradeiro desafio ocorrerá no GP Derby Paulista (gr.I), do próximo dia 9 de novembro.

Mais notícias

Remates da final da Copa Precocidade e Velocidade ocorrerão na sexta, às 19h, no Cena Jockey

Apostas serão aberas ao público, no Restaurante Cena Jockey, a partir das 19h, com transmissão via internet televisão. Também haverá captação de apostas à distância.

Olhar Mágico conquistou novo grande prêmio para a campanha

Filho de Pioneering, defensor da Coudelaria Baptista, conquistou o GP Presidente Julio Cesar Ferreira de Mesquita (gr.III).

Sailor Courtier reabilita-se no Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente (L)

Potro do Haras Cima conquistou firme vitória, em Curitiba.