24 fev 2017 | 18:35:51

Mucho Fon e Rainha da Lagoa abrem as tríplices coroas em Porto Alegre

A quinta-feira (16) de 8 corridas em Porto Alegre foi bastante movimentada. Isso porque o Jockey Club do Rio Grande do Sul promoveu hoje a abertura de suas tríplices coroas, sendo que couberam a Mucho Fon e Rainha da Lagoa as vitórias nas provas inaugurais, que fazem deles, agora, os candidatos aos respectivos títulos.

Campeão da "Milha" do "Bento", Mucho Fon agora é candidato à tríplice coroa
Imagem: Divulgação JCRS

No Grande Prêmio Breno Caldas, em 1.600m na pista de areia, para potros de 3 anos, o estreante Certidão (Amigoni) mandou-se para a primeira colocação após a largada. Misterioso Lô (Nedawi) corria em segundo, com o favorito Bagé In Concert (Silver Train), atual ganhador do GP Bento Gonçalves (gr.II) e vindo de finalizar em quinto no GP José Pedro Ramirez (gr.I), acionando em terceiro. Mucho Fon era o sétimo no lote composto por 10 animais.

Abordado o tiro direto, Bagé In Concert infiltrou-se pela cerca interna e passou a dar carga sobre Certidão. Este, por sua vez, custava a entregar os pontos frente às investidas adversárias. Somente a 200 do disco é que Bagé In Concert conseguiu sacar vantagem sobre Certidão, sendo que seu domínio, todavia, durou pouco. Isso porque Bagé In Concert logo recebeu as cargas de Joe Andretti (Christine's Outlaw) e Mucho Fon - este atropelando bem aberto. A dupla, sem briga, deixou Bagé In Concert para trás e deu início a um bonito duelo que perdurou até o disco.

Na insistência de M. B. Souza, Mucho Fon sacou vantagem mínima sobre Joe Andretti no disco de sentença. Em terceiro finalizou Bagé In Concert, com Certidão e Vangelis (Union Avenue) completando o marcador. Depois chegaram For Them, Indio Choctaw, Misterioso Lô, None of That e Grenadier.

Treinado por H.P.Machado, Mucho Fon obteve sua terceira vitória em 12 corridas. Filho de Bold Start e Flying Bullet (Magical Mile), o castanho de criação do Stud Capela de Santana e propriedade do Stud Casablanca já havia vencido, em outubro do ano passado, o GP Presidente da República (L), no caso a "Milha" do festival máximo gaúcho. Tempo de 1:44.00

Já no Grande Prêmio Estupenda, também em 1.600m na areia, mas reservado a potrancas de 3 anos, a debutante Rainha da Lagoa saiu feito um foguete dos boxes para assumir a ponta na partida. A corredora abriu boa vantagem à frente da parelha composta por Buzcarelin (Yagli) e Energia Iberia (Glória de Campeão). Ao final da reta oposta, a parelha apertou o cerco contra Rainha da Lagoa e a vantagem da líder caiu para 1 corpo apenas na curva. Zayana (Tiger Heart) e Tapete Azul (Redattore) também se aproximaram das ponteiras, em quarto e quinto, respectivamente.

No tiro direto, Buzcarelin e Energia Iberia abdicaram da briga que passou a ficar por conta de Rainha da Lagoa e Zayana. Tapete Azul, avançando em terceiro, ameaçava as duas primeiras. Acusando uma boa dose de valentia, porém, Rainha da Lagoa - sob a monta de G. Ferreira - se defendeu com sucesso das investidas adversárias até os lances decisivos. No disco, Rainha da Lagoa firmou 3/4 de corpo sobre Tapete Azul, com Zayana finalizando em terceiro. Completaram o placar Energia Iberia e Osnia (Union Avenue). A seguir: Buzcarelin e Princesa D'Anafer. Yanca não foi apresentada.

Treinada em Pelotas/RS por W. Almeida, Rainha da Lagoa havia competido, até então, por 4 vezes em Pelotas - com 3 vitórias obtidas. Pertencente à segunda geração do nacional Quick Gipsy (American Gipsy) - composta por apenas 4 animais - e filha, também, da matriz Rainha Sam (Roi Normand), Rainha da Lagoa é uma crioula do Haras Paraíso da Lagoa que defende a farda de Viriato Farias Mattar. A milha foi corrida em 1:45.70.


Mais notícias

Easiest Way desacata as mais velhas na Gávea

Filha da craque Smile Jenny foi a melhor no Clássico Riboletta (L)

Ler na íntegra

Cônsul American não dá susto na Prova Especial Duque de Caxias

Defensor do Stud El Gibbor brilhou na abertura da programação, em Cidade Jardim.

Ler na íntegra

EUA: Some In Tieme e Vettori Kin encontram boa oportunidade de vitória em G3

Brasileiros alinharão no Louisville Handicap (gr.III), em Churchill Downs. Some In Tieme busca vencer a prova pela segunda vez.

Ler na íntegra