17 set 2017 | 20:36:22

New In Town conquista batismo clássico no GP João Borges Filho (gr.II)

Filho do nacional Fluke pertence ao Haras Regina

Depois de várias colocações clássicas, New In Town obteve seu primeiro êxito na chamada nobre do JCB

Imagem: Gérson Martins

Principal atração da jornada disputada neste domingo (17), no Jockey Club Brasileiro, o Grande Prêmio João Borges Filho (gr.II), em 2.400m na pista de grama (9m de cerca móvel), para produtos de 4 e mais anos, marcou a vitória de New In Town, 4 anos, filho de Fluke e Isadora Catapora (Know Heights), de criação do Haras Doce Vale e propriedade do Haras Regina.

Após algumas tentativas na pista de areia, Moreno (Roderic O’Connor) retornou ao gramado e assumiu, logo após a partida, a primeira colocação. Discreto Belo (Signal Tap) acompanhava o train na segunda posição, acionando a fêmea Pérgola (Nedawi) em terceiro. Olympic Gameboy (Adriano) aparecia em quarto e Céu de Brigadeiro (Out of Control) em quinto.

Ângelo Márcio Souza mantinha New In Town em sexto, seguido por Departure Time (Public Purse), Enólogo (Drosselmeyer) e Energia Guest (Elmustanser). Nessa ordem, os competidores cruzaram o disco na primeira volta, completaram a diminuta reta da direita e ingressaram na reta oposta.

Nem Discreto Belo tampouco Olympic Gameboy, que tomou o segundo de Pérgola, fizeram questão de avançar sobre Moreno. Este seguiu mandando e desmandando na competição até o ingresso do pelotão da neta de chegada. Faltando 400 metros para o espelho, Discreto Belo sobrou, dando vez aos avanços de Olympic Gameboy. A meio de raia, Céu de Brigadeiro iniciava sua atropelada. Mais por dentro, New In Town buscava uma passagem para seu arremate.

Quando houve caminho livre para o arremate de New In Town, este liquidou a fatura, em seu favor, logo nos 250 finais. Com ação vistosa, o castanho passou com facilidade por Moreno e tratou de abrir 2 corpos e ¾ sobre Céu de Brigadeiro, o segundo colocado. Moreno (3 e ¾) finalizou em terceiro, com Olympic Gameboy (6) e Energia Guest (7 e ¾) completando o placar remunerado.

Depois Enólogo, Discreto Belo, Departure Time e Pérgola. Demon Master não foi apresentado.

Treinado por Roberto Solanés, New In Town conquistou a segunda vitória em 10 corridas. O castanho, que vinha “namorando”, há algum tempo, o primeiro êxito na chamada clássica (a derradeira de suas colocações nobres havia ocorrido na Copa ABCPCC Matias Machline (gr.I), quando formou a dupla para Emperor Roderic), parou os relógios na marca de 2:28.50.

Mais notícias

Com sangue brasileiro, Celtic Sea vence G1 na África do Sul

Filha da brasileira Ireland venceu, pela segunda vez, o South African Fillies Sprint (G1): consistência das linhagens da Fazenda Mondesir.

Ler na íntegra

Filho de Holy Roman Emperor torna-se preço recorde de leilão, em Hong Kong

Irmão materno do ganhador do Epsom Derby, Wings of Eagle, foi arrematado por Cheung Kwok Keung, por HK$ 11 milhões.

Ler na íntegra

Com o fôlego em dia: Garbo larga e acaba no Clássico Derby Club (L)

Fundista do Stud Yatasto venceu a última etapa da Taça Quati.

Ler na íntegra