Banner Haras Regina Topo
26 mar 2019 | 11:08:55

No sábado, franceses apostarão, pela primeira vez, nas corridas da Gávea.

Nove datas marcam o primeiro calendário de apostas, na grade de transmissões francesa.

Conforme noticiado pelo Jockey Club Brasileiro, em seu website, no próximo sábado (30/3) as corridas da Gávea serão distribuídas para a França, onde haverá captação de apostas sobre os páreos da programação carioca. Trata-se da primeira transmissão para a França, desde que que a PMU (Pari Mutuel Urbain) tornou-se operadora de apostas do Jockey Club Brasileiro, em outubro de 2015.

Segundo a matéria (disponível na íntegra aqui), há 9 datas programadas para a inserção das corridas da Gávea na grade de apostas francesa: 30 de março, 20 de abril, 27 de abril, 4 de maio, 28 de setembro, 5 de outubro, 19 de outubro, 23 de novembro e 21 de dezembro. À exceção das reuniões de outubro – nas quais haverá apostas em 7 provas, por reunião – as demais jornadas cariocas terão 6 de suas provas disponíveis, para apostas, no cardápio francês.

A expectativa de retorno financeiro, conforme a publicação, corresponde a um movimento de € 120 mil. Não há, contudo, informação quanto ao rendimento líquido a ser vertido para o Jockey Club Brasileiro. Ainda que se tratando de contratos e negociações distintas, no caso do Hipódromo de Monterrico, que teve suas corridas transmitidas para a França, com apostas, via PMU, pela primeira vez, em dezembro de 2017, o percentual líquido destinado à entidade peruana correspondia a 1,2% do movimento – o que resultou em US$ 24 mil, para os cofres de Monterrico, a partir de € 1,6 milhão apostados, pelos franceses, na primeira reunião (aqui, a matéria publicada no website do Hipódromo de Monterrico).

Há pouco mais de um ano, o Jockey Club Brasileiro vivenciou experiência semelhante, em relação ao mercado norte-americano. Nos dias 15 e 16 de janeiro de 2018, pela primeira vez, houve captação de apostas, em Gulfstream Park, sobre 4 páreos – por reunião – das respectivas jornadas do Hipódromo da Gávea. A média de apostas por páreo, no primeiro fim de semana, foi de US$ 14,6 mil. Desde então, vem ocorrendo a distribuição de imagens, das corridas cariocas, tanto para Gulfstream Park quanto para Laurel Park.

Mais notícias

Quem será o melhor milheiro do Brasil?

GP Presidente da República (gr.I) marca a versão 2018 da Milha Internacional da Gávea.

Ler na íntegra

Etrusca conquista a Prova Especial Joiosa

Defensora do Stud Globo aprovou aumento da distância.

Ler na íntegra

Nota de falecimento: Walfrido Garcia

Walfrido Garcia Imagem: Revista Turfe & Fomento Faleceu na madrugada dessa quarta-feira (7), em São Paulo, o treinador Walfrido Garcia. O profissional não resistiu a uma parada cardíaca. Walfrido militava na condição de um dos mais antigos e bem sucedidos treinadores do turfe brasileiro. Fazendo da capital paulista sua base, conquistou uma infinidade de provas de grande magnitude. Responsável pelo... [continua ]

Ler na íntegra