04 set 2021 | 17:24:22

Orfeu Negro dá show no Grande Prêmio Ipiranga (G1)

Potro do Stud Eternamente Rio abriu a quádrupla coroa de produtos - e, a exemplo de Olympic Las Palmas, ficou a menos de 1 segundo do recorde da distância.


Orfeu Negro produziu atuação de gala, em Cidade Jardim

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Primeira etapa da quádrupla coroa de produtos, o Grande Prêmio Ipiranga (G1), em 1.600m na pista de grama (leve), foi disputado neste sábado (4), em Cidade Jardim, por produtos de 3 anos. Vitória extremamente fácil de Orfeu Negro, filho de Agnes Gold e Valleyview (Wild Event), de criação e propriedade do Stud Eternamente Rio.

Lançado à dianteira, logo após a partida, por Bruno Queiroz, Orfeu Negro ensinou o caminho do disco aos oponentes durante toda a competição. Deixou Olympic Ludwig, a 6 corpos e 1/4, na segunda colocação. Nautilus, de boa corrida, foi o terceiro. Trick Twice e Maximum Drive deram números finais ao marcador.

Treinado no Rio de Janeiro/RJ, por Luis Esteves, Orfeu Negro conquistou a segunda vitória (a segunda clássica e a segunda em G1; antes, venceu o GP Jockey Club Brasileiro (G1), na Gávea) em 4 corridas.

Tempo de 1:33.07 - que, a exemplo de Olympic Las Palmas, ficou a menos de 1s do recorde de Eyjur, na marca de 1:32.26.

Mais notícias

Marcada por equilíbrio e qualidade, Copa dos Criadores 2018 tem campos divulgados

Programado para o dia 4 de agosto, na Gávea, festival da ABCPCC contará com três provas de G1 e uma prova de G3. Uma semana antes, Copa ABCPCC Regional (L) abrirá as festividades, em Porto Alegre.

Aninha desbanca os machos na Prova Especial Eu Também

Arenática do Haras Tuta somou novo êxito à vitoriosa campanha.

Austrália: filha de Black Caviar vence a primeira em Geelong

Na segunda saída de sua campanha, a 3 anos Oscietra venceu eliminatória na pista sintética.