20 jun 2018 | 17:42:32

Poet’s Word desbanca Cracksman no Royal Ascot

Filho de Poet’s Voice venceu o Prince of Wales’s Stakes (gr.I), prova central do segundo dia do Royal Ascot 2018, e fez de Sir Michael Stoute o treinador recordista de vitórias – 76 – no maior meeting britânico.

Poet's Word deixa Cracksman para trás.

Imagem: Sky Sports

Nesta quarta-feira (20), o festival de Royal Ascot contou com o segundo dia de sua versão 2018. No ápice da jornada, Poet’s Word, 5 anos, filho de Poet’s Voice e Whirly Bird (Nashwan), criado na Irlanda por Woodcote Stud Ltd. e de propriedade de Saeed Suhail, conquistou o Prince of Wales’s Stakes (gr.I), em 2.000m (aprox.) na pista de grama, para produtos de 4 e mais anos, com dotação de £ 750 mil.

James Doyle manteve Poet’s Word nas pegadas do principal adversário, Cracksman (Frankel), enquanto acompanhava o ritmo do páreo, na quinta colocação. Diferentemente do que aconteceu quando do encontro da dupla no Champion Stakes (gr.I) do ano passado (ocasião na qual Cracksman não deu chances a Poet’s Word), desta feita Cracksman sucumbiu diante das investidas de Poet’s Word, na reta final.

Na linha de sentença, Poet’s Word garantiu 2 corpos e ¼ sobre Cracksman, que vinha de enfileirar 3 vitórias consecutivas de G1. Hawkbill (Kitten’s Joy), que havia vencido esse mesmo páreo em 2017, finalizou em terceiro.

Com a vitória, Sir Michael Stoute tornou-se o treinador recordista em conquistas de provas do Royal Ascot, chegando à incrível marca de 76 primeiros lugares no festival – superando as 75 vitórias de Sir Henry Cecil. Poet’s Word, por sua vez, obteve a quinta vitória em 14 saídas. Na primeira conquista de G1, parou os relógios na marca de 2:03.51.

Abaixo, outros resultados do dia em Royal Ascot:

Queen Mary Stakes (gr.II) – 1.000m/grama – potrancas de 2 anos - £ 110 mil de bolsa

1º SIGNORA CABELLO (IRE) – Camacho e Journalist (Night Shift) – Criação: Diomed Bloodstock Ltd. – Propriedade: Phoenix Thoroughbred & Zen Racing – Treinador: John Quinn – Jóquei: Osin Murphy
2º Gossamer Wings (Scat Daddy)
3º Shades of Blue (Kodiac)

Tempo: 1:00.65.

Queen Vase Stakes (gr.II) – 2.800m/grama – produtos de 3 anos – £ 200 mil de bolsa

1º KEW GARDENS (IRE) – Galileo e Chelsea Rose (Desert King) – Criação: Barronstown Stud – Propriedade: Derrick Smith, Susan Magnier & Michael Tabor – Treinador: Aidan O’Brien – Jóquei: Ryan Moore
2º Southern France (Galileo)
3º Nelson (Frankel)

Tempo: 3:00.89

Duke of Cambridge Stakes (gr.II) – 1.600m/grama – éguas de 4 e mais anos - £ 188 mil de bolsa

1º ALJAZZI (GB) – 5 anos – Shamardal e Nouriya (Danehill Dancer) – Criação e propriedade: Saleh Al Homaizi & Imad Al Sagar – Treinador: Marco Botti – Jóquei: William Buick
2º Tribute Act (Exceed And Excel)
3º Wilamina (Zoffany)

Tempo: 1:40.53.

 

Jersey Stakes (gr.III) – 1.400m/grama – produtos de 3 anos - £ 90 mil de bolsa

1º EXPERT EYE (GB) – Acclamation e Exemplify (Dansili) – Criação e propriedade: Juddmonte Farms – Treinador: Sir Michael Stoute – Jóquei: James McDonald
2º Society Power (Society Rock)
3º Could It Be Love (War Front)

Tempo: 1:26.25.

Mais notícias

De ponta a ponta, Bold Retriever conquista o GP Salgado Filho (gr.III)

Milheiro do Haras Santa Tereza não escolhe raia e soma novo êxito clássico à campanha.

Ler na íntegra

Nota de falecimento: Olavo Jerônimo

Olavo Jerônimo Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP O turfe brasileiro perdeu, nesta quarta-feira (23), um dos mais antigos e vitoriosos nomes, de seu quadro de profissionais: Olavo Jerônimo. O falecimento do treinador foi noticiado pelo Jockey Club de São Paulo, por meio de seu website. Natural de Ressaquinha, Minas Gerais, Olavo iniciou nas cocheiras de Pedro Nickel, como segundo gerente. Passando... [continua ]

Ler na íntegra

Jadir impõe suas qualidades para vencer G3 na Gávea

O corredor do Stud Eternamente Rio agora é um dos líderes de sua geração no Rio de Janeiro

Ler na íntegra