15 jun 2018 | 17:39:29

RS: Linda Nui interrompe série invicta de Best Dubai. Barishnikov atropela com sucesso

Clássicos em formato de comparação, promovendo choques de gerações, foram disputados nesta sexta-feira, em Porto Alegre.

Disputado nesta sexta-feira (15), no Jockey Club do Rio Grande do Sul, o Clássico Duque de Caxias – Comparação de Éguas, em 2.000m na pista de areia, marcou embate de gerações, entre fêmeas – de 3 e mais anos – na raia do Hipódromo do Cristal. Após longa série invicta de Best Dubai (Dubai Dust), prevaleceu Linda Nui, 3 anos, filha de Molengão e Viva Fafá (Know Heights), de criação do Stud TNT e propriedade da Coudelaria F.B.L.

Linda Nui foi corrida, mais uma vez, “por” Best Dubai. Tanto que, na cabeceira da curva, quando Best Dubai assumiu a primeira colocação, Christiano Farias deu rédeas a Linda Nui, para que esta acompanhasse o ritmo da oponente.

Abordada a reta final, Best Dubai recebeu, de pronto, a partida de Marcelo Souza. A favorita, todavia, não escapou à frente de Linda Nui, como poderia se esperar. Linda Nui, por sua vez, manteve-se na cola de Best Dubai. Nos 300 finais, Best Dubai deu sinais de cansaço e começou a escrever. Primeiro, desgarrando. Depois, retornando para a porção interna da raia. Nesse último movimento, permitiu o ataque fatal de Linda Nui, que venceu por ½ corpo.

Just Event (Wild Event) e Flight At Night (Shirocco) depois.

Treinada por A. Soares, Linda Nui obteve a sexta vitória em 16 saídas. Tempo de 2:13.01.

Na prova correspondente, destinada aos machos, Barishnikov, 3 anos, filho de Watchmon e Better Together (Dehere), de criação do Haras Cruz de Pedra e propriedade do Stud M.P.S., venceu o Clássico Almirante Marquês de Tamandaré – Comparação de Machos, também em 2.000m na areia, para produtos de 3 e mais anos.

Corrido de alcance por Christiano Farias, aproximou-se dos ponteiros na última curva e avançou com sucesso na reta de chegada. Mucho Fon (Bold Start), que deu fila durante toda a reta de chegada, formou a dupla a ¼ de corpo. Hubli (Agnes Gold) finalizou em terceiro e Diligente (Wild Event) completou a quadrifeta.

No treinamento de A. C. Silveira, Barishnikov obteve a quinta vitória em 19 saídas. Relógios parados na marca de 2:12.08.

Mais notícias

Na trilha do Ipiranga, Baita Blade vence o Clássico Farwell (L)

Filho de Drosselmeyer pertence ao Stud Nicholas & Enrico Jarussi.

Ler na íntegra

Criação: aos 16 anos, morre Goldikova

Corredora histórica, notabilizada pelas 3 vitórias conseguidas na Breeders’ Cup Mile (G1), deixa como legado campanha de difícil repetição.

Ler na íntegra

First Amour esnoba desvantagem no peso e vence a Prova Especial Eu Também

Arenático do Haras Rio Iguassu venceu com autoridade a melhor prova do dia, em São Paulo.

Ler na íntegra