05 mar 2017 | 20:36:17

Sixties Song confirma no GP Latinoamericano; Deep End é quarto

Pupilo de Alfredo Gaitan foi até o Chile para vencer o seu segundo G1 internacional

Sixties Song brilha em Valparaíso; ponto para  Argentina no GP Latinoamericano

Imagem: Marília Lemos

Disputado nesse domingo (5), em Valparaíso, no Chile, o Gran Premio Longines Latinoamericano (gr.I), em 2.400m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos, com 320 milhões de pesos chilenos de bolsa (algo em torno de R$ 1,5 milhão), foi vencido pelo argentino Sixties Song, 3 anos, filho de Sixties Icon e Blissfull Song (Unbridled's Song), de criação do Haras Firmamento e propriedade da Caballeriza Santa Elena.

Sob a monta de Juan Villagra, Sixties Song acionou no pelotão intermediário durante a maior parte do páreo - enquanto o norte-americano, representante do Chile, California One (Scat Daddy) disputava com o brasileiro Gandhi Di Job (por Job Di Caroline, de criação do Haras Curitibano), representante do Uruguai, a primeira colocação.

Na reta final, na mínima intenção de Villagra, Sixties Song arrancou com apetite pela baliza cinco, trazendo consigo o derby winner chileno Full of Luck (Lookin At Lucky). Corridos de alcance, os brasileiros Deep End (por Wild Event, de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade de Oitavo Stud/Haras Princesa do Sul) e Eleito (por Refuse To Bend, do Stud Rio Dois Irmãos) tentavam desenrolar suas atropeladas, vindos do fundo do lote.

Já nos 200 finais se percebeu que Sixties Song não mais perderia o páreo. Em êxito de autoridade, ele bateu Full of Luck por 2 corpos e 1/2 no disco. Porém, o chileno Tinku (Lookin At Lucky), que finalizara em terceiro, reclamou prejuízos de Full of Luck e "levou", sendo elevado para a segunda posição - e restando Full of Luck desclassificado para terceiro.

Em atuação notável, Deep End foi o quarto colocado. Conduzido por Vadinei Gil, o alazão treinado por Gladston Figueiredo Santos fazia apenas a sua segunda apresentação em 2.400 metros, deixando boa impressão. Kodiak Boy (Museeb), representando o Peru, completou o marcador.

Eleito foi o sétimo e Gandhi Di Job (que participou ativamente da corrida) o nono.

Treinado pelo experiente Alfredo Gaitan, que conquistou desta feita o seu primeiro "Latino", Sixties Song obteve a sua quarta vitória em 7 apresentações. O castanho, que vinha de vencer o GP Carlos Pellegrini (gr.I) em dezembro último, parou os relógios na marca de 2:24.88.

Mais notícias

Porto Alegre: Last Hope estreia com vitória no Clássico Estensoro

Arenático do Haras Paraíso da Lagoa demonstrou adaptação à raia gaúcha.

Ler na íntegra

Thunder Snow leva o round 2 do Al Maktoum Challenge

Irlandês da Godolphin brilhou no melhor páreo do dia, em Meydan. Winter Lightning, igualmente defensora da farda azul, venceu a versão de Dubai dos 1000 Guineas.

Ler na íntegra

Enable e Ulysses brilham em York

Festival britânico atraiu atenções de turfistas todo o mundo.

Ler na íntegra