17 mar 2019 | 15:20:24

Taksim e Ricardinho, perfeitos no GP Francisco Eduardo de Paula Machado (gr.I)

Vencedor pertence a Carlos dos Santos.

Taksim arrematou com disposição. 

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Disputado neste domingo (17), no Hipódromo da Gávea, o Grande Prêmio Francisco Eduardo de Paula Machado (gr.I), em 2.000m na pista de grama (pesada), para produtos de 3 anos, marcou a 2ª etapa da tríplice coroa. Vitória de Taksim, filho de Discreet Cat e Taverne (Torrential), de criação e propriedade de Carlos dos Santos.

Garbo (Wild Event) foi o primeiro a aparecer, após a largada. Dark Bobby (Shanghai Bobby), que corria em segundo, desgarrou na curva que dá acesso à reta oposta – indo parar rente à cerca externa e dando por encerrada sua missão na prova. Acteon Gaúcho (Acteon Man) acionava em segundo, com Jet Lag (Public Speaker) correndo em terceiro. Leviatan (Shanghai Bobby) e Turkish (Shanghai Bobby) completavam o lote dos cinco primeiros.

Pallito (Shanghai Bobby) corria em sexto, ao passo que Jorge Ricardo mantinha Taksim na sétima colocação, cerca de 5 corpos atrás de Garbo.

Depois apareciam Gol Na Certa (Wild Event), Galaxy Runner (Drosselmeyer), Olympic Icecream (Discreet Cat), Olympic Ipswich (Shanghai Bobby), Medjugorje (Hendrix), Stylish (Forestry), Forjado A Ouro (Shanghai Bobby) e Dark Bobby. Do primeiro ao sétimo colocados, todos filhos de éguas brasileiras. 

Com os competidores encerrando a reta oposta e completando a última curva, Garbo atingiu a reta final sob o assédio de Acteon Gaúcho. Henderson Fernandes, então, lançou Leviatan entre Acteon Gaúcho e Jet Lag, partindo, com tudo, em busca da primeira colocação. Faltando 350 metros para o disco Leviatan dominou Acteon Gaúcho, assumindo a ponta.

Pouco à frente, contudo, surgiu Taksim, em franco arremate. Pela baliza cinco, o castanho encampou forte arremate para cima de Leviatan, que tentava defender-se, junto à cerca interna. Com melhor ação, Taksim desalojou Leviatan do posto principal, quando faltavam 150 metros para o espelho.

Em vitória firme, Taksim derrotou Leviatan por 2 corpos e ¾. Olympic Icecream (5 e ¼) foi o terceiro, beneficiado pela desclassificação de Galaxy Runner, que lhe causou prejuízos, de acordo com julgamento da comissão de corridas – e foi, assim, rebaixado para o quarto posto. Jet Lag (8 e ¾) completou o marcador.

A seguir, Gol Na Certa, Acteon Gaúcho, Olympic Ipswich, Pallito, Medjugorje, Turkish, Garbo, Stylish, Forjado A Ouro e Dark Bobby. Não correram: Star Wars, Garrison, Olímpico e Miracle Mile.

Recebendo treinamento de Cosme Morgado Neto, Taksim obteve a terceira vitória em 8 saídas. Descendente de Ante Diem (britânica, foi importada pelo Haras La Quinua no final do século XIX, revelando-se uma das mais importantes matrizes da criação argentina) e do nacional - múltiplo ganhador de G1, entre Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro - Zirkel, Taksim já havia vencido a Prova Especial African Boy. Vindo de finalizar em terceiro no GP Estado do Rio de Janeiro (gr.I)m vencido por Garbo Talks, percorreu os dois quilômetros no tempo de 2:02.57.

Mais notícias

Com 169 vitórias na temporada, Moreira supera o próprio recorde em Hong Kong

Ídolo do turfe asiático, “The Magic Man” voltou a fazer história no domingo.

Ler na íntegra

Cloud Computing bate Classic Empire no "Preakness"; Always Dreaming falha

Mais de 140 mil pessoas acompanharam a vitória do filho de Maclean's Music em Pimlico

Ler na íntegra

Pedigree & Black Type: os Ganhadores Clássicos no Brasil - 6ª Edição

Nesta edição: Quasimodo, Rasgado de Birigui e Eliz do Jaguarete.

Ler na íntegra