12 jan 2022 | 19:58:20

Veterinária: alterações na canela podem ser sinais indicativos de futuras lesões, aponta estudo

Pesquisadores da Escola de Medicina Veterinária de Queensland analisaram modificações em partes da canela e sua possível relação com potenciais lesões.


Pesquisadores da Escola de Medicina Veterinária de Queensland, na Austrália, analisaram alterações verificadas em determinadas partes do osso da canela de cavalos de corrida e sua possível relação com futuras lesões.

O estudo original, publicado no repositório de artigos Animals Journal e também reportado no website Horse Talk, aborda, principalmente, modificações nos sulcos parasagitais identificadas mediante utilização de raio x, tomografia computadorizada e ressonância magnética, em casos de acidentes catastróficos.

Os pesquisadores analisaram as articulações dos boletos de 20 animais que sofreram acidentes catastróficos, em treinamento ou em corrida – com ou sem fratura de boleto. Notaram que, em todos os casos, os animais apresentavam alterações ósseas ou de cartilagem dos sulcos parasagitais.

Concluíram, por fim, que, muito embora seja comum haver modificações nos sulcos parasagitais de cavalos de corrida, alguns determinados tipos de alterações (e combinações de achados radiológicos referentes aos sulcos parasagitais) são proeminentes em casos de acidentes catastróficos.

Além disso, o acúmulo de microlesões, passíveis de identificação somente sob apuração de minuciosas técnicas de exame, também é correlacionado aos acidentes catastróficos.

Para acessar a íntegra do estudo no Animals Journal, clique aqui.

Para acessar a reportagem do website Horse Talk, clique aqui.

Mais notícias

Head Office esnoba raia pesada e vence a Copa dos Campeões (G2)

Corredor do Stud Alessio & Naela anexou novo êxito clássico à campanha

Hong Kong: Halston entra quarto em G1

Brasileiro criado pelo Haras Cifra foi à pista no The Standard Chartered Champions & Charter Cup (G1), vencido pelo chileno Panfield.

Com 169 vitórias na temporada, Moreira supera o próprio recorde em Hong Kong

Ídolo do turfe asiático, “The Magic Man” voltou a fazer história no domingo.