Banner Haras Regina Topo
07 Ago 2018 | 21:19:32

Na Copa dos Criadores, Troféu Mossoró premiou os melhores do turfe brasileiro

Cerimônia foi realizada no sábado (4), no Rio de Janeiro, no encerramento do festival da Copa dos Criadores 2018.

Após a realização das provas componentes da Copa dos Criadores 2018, no último sábado (4), turfistas celebraram a premiação do Troféu Mossoró referente à temporada hípica brasileira 2017/2018. Cerca de 80 pessoas, entre criadores, proprietários, profissionais e jornalistas compareceram ao evento, realizado no Restaurante Rubayat – anexo ao Jockey Club Brasileiro.

Poucas horas após escoltar Arrocha na Copa ABCPCC Clássica Matias Machline (gr.I), Quarteto de Cordas foi agraciado com o Troféu Mossoró de cavalo do ano. Também ganhador do GP José Buarque de Macedo (gr.III) e terceiro para Flight Time no GP Estado do Rio de Janeiro (gr.I), obteve resultados black type dos 1.600 aos 2.400 metros, que lhe renderam a distinção mais aguardada de toda a noite.

Vencedora, dentre os páreos, dos Grandes Prêmios Margarida Polak Lara – Taça de Prata (gr.I) e Diana (gr.I), Silence Is Gold venceu na categoria de melhor potranca de 3 anos. Exportado para Hong Kong após conquistar êxitos esmagadores nos Grandes Prêmios João Adhemar de Almeida Prado – Taça de Prata (gr.I) e Jockey Club de São Paulo (gr.I), Cash do Jaguarete restou agraciado como melhor potro de 3 anos.

Inforcer e Bay Ovar, que na semana máxima carioca venceram os Grandes Prêmios Jockey Club Brasileiro (gr.I) e Francisco Vilella de Paula Machado (gr.II), respectivamente, obtiveram as premiações de melhor potro de 2 anos e melhor potranca de 2 anos. O precocemente desaparecido Thunder Cat, que na temporada hípica em análise conquistou a Copa ABCPCC Velocidade Mário Belmonte Moglia (gr.III), restou condecorado como melhor velocista. Após vencer a sua segunda Milha Internacional, Invader recebeu a honraria nas qualidades de melhor milheiro e melhor cavalo de 4 e mais anos. Bóris do Jaguarete, “Rei da Raia Paulista”, foi premiado na categoria de melhor fundista. Múltipla ganhadora clássica na primeira turma de fêmeas da Gávea e quinta colocada no GP Brasil (gr.I), Easiest Way foi eleita melhor égua de 4 e mais anos. Vencedor do GP Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (gr.III) e segundo colocado no GP Longines Latinoamericano (gr.I), Leão de Prata venceu como melhor arenático.

Reprodutor de histórico marcante na criação brasileira, Wild Event - desaparecido há dois meses - prevaleceu nas categorias de melhor reprodutor e melhor avô materno. Redattore, o melhor reprodutor nacional. Primeira matriz da história da criação brasileira a produzir 5 ganhadores individuais de grupo, Quanto Carina alcançou o prêmio de melhor reprodutora.

Titular do Haras Anderson, Weber Stabile – cuja criação, na temporada em questão, venceu a Copa ABCPCC Clássica Matias Machline (gr.I) e o GP São Paulo (gr.I) com Euquemando – foi homenageado como personalidade turfística.

Os animais finalistas do Troféu Mossoró foram eleitos pelo seguinte corpo de jurados: Juliana Dias (RJ), Fernando Lopes (RJ), Celson Afonso Neto (RJ), Milton Euvaldo Lodi (RJ), Renato Barros (SP), Ricardo Ravagnani (SP), Jair Bala (SP), Dalton Mehl Andrusko (PR), Marcos Rizzon (RS), Mario Moglia Filho (RS), Vicente P. Britto (RJ) e José Carlos Fragoso Pires Jr (RJ).

Com base na lista final obtida por meio dos jurados acima, os vencedores resultaram da votação do seguinte colegiado: Marcelo Beloch (RJ), Arthur Teixeira Mendes (SP), Jayme Castro Barbosa (SP), Marcelo Motta (SP), Paulo Pelanda (PR), José Vecchio (RS), Newton Domingues Khalil (RS), André Cunha (RJ), Diego Guedes (RJ), João Carlos Faro (RJ), Karol Loureiro (RJ), Carlos G. Lavor (RJ), Venâncio Nahid (RJ), Jeanne Alves (SP), Emerson Garcia (SP), Marcelo Cardoso (RJ), Francesco Carnevale (RJ), Carlos Eduardo Lotti Palermo (RJ), Carlos Eduardo Vaz Guimarães (SP), Mario Marquez (PR), Paulo Gama (RJ), José Carlos Lodi F. Pires (SP).

Abaixo, flashes da cerimônia do Troféu Mossoró (imagens: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB).

Luis Antonio Ribeiro Pinto (Vice-Presidente Regional (RJ) da ABCPCC) e Diogo Campos de Araújo (Haras do Morro - Quarteto de Cordas - cavalo do ano).

 

André Cunha (esq.), Carlos Palermo e Luis Antonio Ribeiro Pinto (Stud São Francisco da Serra - Silence Is Gold - potranca de 3 anos).

 

José Antonio Queiroz (Stud Jaguarete - Cash do Jaguarete - potro de 3 anos).

 

Sergio Miranda (Stud Best Friends - Bay Ovar - potranca de 2 anos) e Mario Moglia Filho.

 

Idelfonso Souza, Sergio Miranda (Stud Best Friends - Inforcer - potro de 2 anos) e Celson Afonso.

 

Anderson Stabile (Stud Gold Horse - Thunder Cat - velocista) e Cristina Vieira.

 

Raquel Jahnel Cangelli (Haras Las Madres/Stud Estelinha - Invader - milheiro), Roberto Solanés e Paulo Pelanda.

 

Carlos Beloch (esq.), Luis Antonio Ribeiro Pinto (Stud São Francisco da Serra - Leão de Prata - arenático) e Julio Cezar Sampaio.

 

Mayra Frederico, Gilberto Gama e José Antonio Queiroz (Stud Jaguarete - Bóris do Jaguarete - fundista).

 

Sinval Domingues de Araújo, Roberto Solanés e Raquel Jahnel Cangelli (Haras Las Madres/Stud Estelinha - Invader - cavalo de 4 e mais anos).

 

Hélio Costa (Haras Santa Maria de Araras - Easiest Way - égua de 4 e mais anos).

 

Hélio Costa (Haras Santa Maria de Araras - Wild Event - reprodutor) e Sérgio Barcellos.

 

Hélio Costa (Haras Santa Maria de Araras - Wild Event - avô materno) e Cláudio Ramos.

 

José Carlos Fragoso Pires Junior e Fernão Guimarães (Haras Santa Maria de Araras - Quanto Carina - reprodutora).

 

Carolina Stabile e Weber Stabile (Personalidade turfística).

Mais notícias

GP Longines Latinoamericano: seletiva carioca recebe 14 inscrições

Comissão de corridas do Jockey Club Brasileiro divulgou o campo do GP Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (gr.III) cujo ganhador representará a Gávea no GP Longines Latinoamericano (gr.I) de março, no Uruguai.

Ler na íntegra

Belmont Park receberá arena multiuso e dirigentes idealizam pacote de revitalização

Anúncio foi realizado nesta quarta-feira (20) e oficializou a construção de arena multiuso para 18 mil pessoas. Reforma das raias e iluminação para corridas noturnas estão incluídas em pacote de melhorias vislumbrado pela New York Racing Association.

Ler na íntegra

Fantastic Boy confirma favoritismo na Prova Especial Waldmesiter

Defensor de Black Opal Stud venceu em bonita atropelada.

Ler na íntegra