Banner Haras Regina Topo
25 nov 2018 | 11:40:19

O Oriente também tem a sua Enable: Almond Eye bate os machos e quebra recorde na Japan Cup (gr.I)

Filha de Lord Kanaloa conquistou a maior prova do turfe japonês. Imprensa especula, desde já, sua participação no Arco do ano que vem.

Almond Eye deu show em Tokyo.

Imagem: JRA Divulgação

Neste domingo (25), em Tokyo, produtos de 3 e mais anos disputaram a Japan Cup (gr.I), maior prova do turfe nipônico, na distância dos 2.400m, em pista de grama, com aproximadamente US$ 2,3 milhões para o ganhador. Se no Ocidente o predomínio pertence à uma fêmea – Enable – no Oriente algo parecido está acontecendo: vitória, em recorde, da potranca de 3 anos Almond Eye, filha de Lord Kanaloa e Fusaichi Pandora (Sunday Silence), de criação da Northern Racing e propriedade de Silk Racing Co.

Enquanto Kiseki (Rulership) ditava o ritmo da competição, Christophe-Patrice Lemaire manteve Almond Eye na segunda posição. Na reta final, Kiseki, desde cedo, restou castigado pelo jóquei, para manter o posto. Almond Eye, por outro lado, trazia o piloto a tiracolo, que apenas esperava os lances decisivos para fazê-la correr.

Quando isso aconteceu, a 300 metros do disco, Almond Eye passou, como quis, por Kiseki. Para deleite da multidão que compareceu ao hipódromo, a potranca bateu o oponente por 1 corpo e ¾. Suave Richard (Heart’s Cry) finalizou em terceiro, enquanto que Cheval Grand (Heart’s Cry), vencedor da Japan Cup em 2017, ficou com a quarta colocação.

Treinada por Sakae Kunieda, Almond Eye obteve a sexta vitória em 7 saídas. Tríplice coroada, tornou-se a nova recordista da milha e meia, em Tokyo, ao percorrer a distância no tempo de 2:20.60. Seus prêmios ultrapassam os 720 milhões de ienes (aprox. US$ 6,3 milhões).

Pouco depois do páreo, matéria assinada por Kitty Trice, no website do Racing Post, revelou que o staff de Almond Eye planeja fazê-la competir no Prix l’Arc de Triomphe (gr.I) do ano que vem – ocasião em que Enable deverá tentar sua terceira vitória no páreo.

Mais notícias

João Adhemar de Almeida Prado: o criador do craque Farwell

Destacado criador paulista empresta seu nome à Taça de Prata de machos, que promete embate eletrizante na Copa dos Criadores do próximo sábado.

Ler na íntegra

Etrusca desacata as mais velhas no GP Oswaldo Aranha (gr.II)

Defensor do Stud Globo aprovou a subida de distância até a milha e meia.

Ler na íntegra

Grand Amiga confirma favoritismo na milha e meia e levanta G3

Filha de Amigoni, pertencente ao Haras Cifra, somou o GP José Paulino Nogueira (gr.III) ao rol de conquistas.

Ler na íntegra