Banner Haras Regina Topo
12 abr 2019 | 17:00:15

PMU anuncia readequação de investimentos no Jockey Club Brasileiro

Nota vinculada ao website do Jockey Club Brasileiro noticia mudanças no rumo nos negócios da PMU junto à entidade carioca. Pontos sensíveis não foram esclarecidos.

Nesta sexta-feira (12), um comunicado foi publicado no website do Jockey Club Brasileiro, dando conta de mudanças nos negócios da PMU junto à entidade carioca. A notícia intitulada “PMU readequará investimentos no Brasil com foco exclusivo na operação de apostas” anuncia alterações na atuação da PMU no Brasil, sem, contudo, abordar ou esclarecer pontos sensíveis e de maior relevância nos negócios estabelecidos entre as partes.  

O texto (não possui assinatura, sendo incerto se a autoria da notícia é da PMU, do Jockey Club Brasileiro ou cabendo às duas partes) limita-se a afirmar que a PMU focará sua atuação na operação das apostas. Informa, ainda, que “nos próximos 60 dias, um novo modelo de contrato e um plano de transferência das atividades serão definidos entre PMU e JCB”.

A situação dos agentes credenciados e a manutenção do simulcating internacional (se continuará a haver transmissão e captação de apostas, nas corridas do exterior, em lojas brasileiras; se o plano de transmissão das corridas da Gávea para o exterior será mantido etc.), por exemplo, são questões não abordadas pela notícia.

Abaixo, a transcrição integral da notícia.

Novo modelo de atuação será definido até o fim do semestre.

A Pari Mutuel Urbain (PMU), após três anos de parceria com o Jockey Club Brasileiro, comunica à comunidade turfística e ao mercado os próximos passos de suas operações no Brasil. Até o fim de 2019, a PMU encerrará a operação da subsidiária brasileira e focará sua estratégia para a operação de apostas e não mais para toda a estrutura mantida atualmente.

“Por três anos tivemos êxito na estratégia de investimento no fortalecimento do cenário do turfe nacional, na gestão das apostas no Rio de Janeiro e comercialização através de pontos de venda, site, Teleturfe e na TV Turfe. Até 2015, o setor registrava queda de 10% ao ano. Durante a nossa atuação, alcançamos um crescimento de 21%, atingindo 235 milhões de reais em 2018. Isso representa o maior movimento anual em apostas da história do Jockey Club Brasileiro.

No momento, nossa matriz, na França, aponta um novo direcionamento estratégico para a operação no Brasil, com foco no nosso negócio primário, que é a operação de apostas. Consideramos que tivemos importante contribuição mostrando o potencial de crescimento desse esporte, através de uma estratégia ousada de comunicação, promoção e desenvolvimento de produtos” comenta Joseph Levy, CEO da PMU Brasil.

Nos próximos 60 dias, um novo modelo de contrato e um plano de transferência das atividades serão definidos entre PMU e JCB. Neste período, a PMU manterá todas as atividades e investimentos previstos atualmente na parceria, que incluem a preparação e divulgação do maior evento do calendário nacional, o Grande Prêmio Brasil de Turfe, de 7 a 11 de junho.

 

Mais notícias

Clásico Diana – Longines Cup (gr.III): regulamento oficial

Prova destinada às fêmeas será disputada no mesmo dia do GP Longines Latinoamericano (gr.I).

Ler na íntegra

Para internautas, exploração de jogos de azar deve ser autorizada no Brasil

Resultado da pesquisa realizada no website do Senado, em relação ao projeto de lei nº 186/2014, foi divulgado nesta quinta-feira (11). Oitenta e seis por cento dos internautas manifestaram-se favoráveis à exploração dos jogos de azar no Brasil.

Ler na íntegra

De volta à pista leve, Knowledge conquista o GP Presidente Vargas (gr.III)

Filho de Vettori fez brilhar a farda do Haras Nacional na tarde carioca.

Ler na íntegra