12 out 2020 | 20:41:08

A confirmação do adeus: Enable tem campanha encerrada

Uma semana após finalizar em sexto no Arco, a campeã da Juddmonte teve sua campanha, oficialmente, encerrada: um dos melhores retrospectos da história.

Enable: uma craque para a eternidade

Imagem: Newschain.uk

Ainda que houvesse alguma indefinição sobre o assunto (chegou-se a se ventilar uma nova aparição, num futuro próximo), a já aguardada aposentadoria de Enable foi, oficialmente, anunciada, nesta segunda-feira (12). A craque da Juddmonte Farms, que, na última semana, finalizou em sexto no Prix l’Arc de Triomphe (G1), deixa as pistas na condição de um dos melhores PSI de todos os tempos.

Na nota oficial da Juddmonte, veiculada em seu website, consta que o proprietário da Juddmonte Farms, Príncipe Khalid Abdullah, após consultar o treinador John Gosden e o CEO da coudelaria, Teddy Grimthorpe, oficializou a já aguardada decisão. Informou-se, também, que Enable, em 2021, será coberta por Kingman (Invincible Spirit), um dos melhores reprodutores da Juddmonte.

Pouco após o anúncio, Frankie Dettori, seu jóquei habitual, declarou ao Racing Post que Enable foi o animal que mais adorou, em toda a sua vida.

“Foi uma jornada incrível, durante os últimos 3 e meio, 4 anos (...) Chorei na noite passada, quando soube da notícia, mas muito mais de alegria do que por tristeza, por causa de todas as excelentes lembranças que ela me proporcionou (...) É algo muito fácil de se afirmar, mas ela foi, de longe, o animal com melhor campanha, que já montei”, relatou o experiente bridão.

Filha Nathaniel e Concentric (Sadler’s Wells), Enable nasceu em 12 de fevereiro de 2014, na Inglaterra. Estreou com vitória, aos 2 anos, em sua única atuação, com essa idade. Ao reaparecer, aos 3 anos, finalizou em terceiro, sendo que, após isso, conquistou uma incrível sequência de 12 primeiros lugares – muitos dos quais em algumas das mais importantes provas da Europa. Depois do Chesire Oaks (L), venceu o Epsom Oaks (G1), o Irish Oaks (G1) e, em seu primeiro confronto com os machos e animais de mais idade, conquistou, pela primeira vez, o King George VI & Queen Elizabeth Stakes (G1). Depois de vencer, também pela primeira vez, o Yorkshire Oaks (G1), foi até a França para conquistar o Prix l’Arc de Triomphe (G1).

Aos 4 anos, reapareceu em setembro, no September Stakes (G3), que lhe serviu de teste para conquistar, pela segunda vez, o Prix l’Arc de Triomphe (G1). Na sequência, tornou-se o primeiro animal na história a vencer, num mesmo ano, além da prova máxima francesa, a Breeders’ Cup Turf (G1).

O êxito no Coral-Eclipse Stakes (G1) marcou o retorno de Enable às pistas, ais 5 anos. Numa reta de chegada memorável, derrotou Crystal Ocean no King George VI & Queen Elizabeth Stakes (G1) e depois voltou a vencer o Yorkshire Oaks (G1). Ao tentar entrar para a história como o primeiro animal tricampeão do Prix l’Arc de Triomphe (G1), Enable restou suplantada por Waldgeist.

Numa demonstração de puro espírito esportivo, vez que o caminho natural das coisas apontava para a aposentadoria da corredora, o Príncipe Khalid Abdullah manteve Enable, aos 6 anos, em treinamento. Reapareceu, mais uma vez, no Coral-Eclipse Stakes (G1), finalizando em segundo para Ghiyaath. Em seguida, fez história, conquistando o primeiro “tri” do King George VI & Queen Elizabeth Stakes (G1). No September Stakes (G3) venceu e realizou seu último ensaio, antes da despedida, no Arco que estava por vir. Por fim, no último domingo, finalizou em sexto (única vez em que arrematou em colocação pior do que um terceiro lugar), no páreo clímax de Longchamp, que teve em Sottsass o seu ganhador.

No Cartier Awards, Enable foi eleita, por duas vezes, Melhor Animal da Europa, também por duas vezes Melhor Animal Adulto e, ainda, venceu na categoria de Melhor Potranca de 3 Anos. Trata-se do primeiro animal condecorado com 5 troféus da premiação que elege, ano a ano, os melhores animais europeus.

Ao fim e ao cabo, Enable somou 15 vitórias em 19 saídas e mais de £ 10 milhões em prêmios.

Mais notícias

Anuário do Turfe Brasileiro 2017

Publicação contendo os principais páreos disputados no Brasil, em 2017, está no ar na sessão “Normativas”.

Ler na íntegra

No Derby Day de Gulfstream, Wind of Change vence allowance, de ponta a ponta

Brasileiro criado pelo Haras São José da Serra, pertencente a Some In Tieme Inc., obteve sua primeira vitória, nos Estados Unidos.

Ler na íntegra

Essential Lord acusa sobras na Prova Especial Super Power

Potro da parceria Nacional & Niju deixou impressão das melhores

Ler na íntegra