16 abr 2022 | 17:17:42

Em dias de sonho para a farda, Punta do Iguassu assume a liderança entre as potrancas

Filha de Hat Trick garantiu ao Haras Rio Iguassu seu terceiro troféu na tarde, ao vencer o Grande Prêmio Presidente Guilherme Ellis (G2).


Punta do Iguassu é a nova líder

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Vivendo dias de sonho, com vitórias graduadas em diferentes locais do país, o Haras Rio Iguassu emplacou, neste sábado (16), em Cidade Jardim, 3 conquistas em provas de grupo. A última, no Grande Prêmio Presidente Guilherme Ellis (G2), em 1.400m na raia de grama (leve, com 7m de cerca móvel), para potrancas de 2 anos, com Punta do Iguassu, filha de Hat Trick e Redenção (Inexplicable), de sua criação e propriedade.

Lantana fez questão absoluta da ponta, após a largada. Dalhe Imperatriz, que largou por fora de todas as suas adversárias, assumiu o segundo posto, correndo Malvásia em terceiro. Byblic War era a quarta e Punta do Iguassu, pelos paus, a quinta.

No tiro direto, Lantana pagou um alto preço pelo forte ritmo inicial, sendo presa fácil para os arremates de Dalhe Imperatriz e Malvásia. Ocorre que pelo espaço existente entre essas duas últimas, Valdinei Gil lançou Punta do Iguassu, que, de pronto, embolou na briga pela primeira colocação.

Com melhor ação, Punta do Iguassu dominou Dalhe Imperatriz nos últimos 200 metros do páreo. Rumando para o disco, abriu 1 corpo e ½ sobre a oponente, finalizando Malvásia em terceiro. Royal Prestige e Lança Perfume completaram o marcador.

Depois, Qual Que E, Byblic War e Lantana.

Noutra inscrição vitoriosa de Antônio Oldoni, Punta do Iguassu conquistou a 2ª vitória (1ª clássica) em 2 corridas. Ela, que havia estreado com vitória em Curitiba, hoje percorreu a distância na marca de 1:23.73, com finais de 22.88 e 11.60.

Mais notícias

Na jornada da "Pegasus", recorde de US$ 40 milhões em apostas em Gulfstream Park

Não foi apenas do lado de dentro da pista que os cifrões "galoparam largo" no último sábado, em Gulfstream Park. Além dos US$ 12 milhões de bolsa que fizeram da Pegasus World Cup (gr.I) a prova mais bem dotada do turfe internacional na atualidade, os 12 páreos disputados na Flórida movimentaram nada menos que US$ 40,2 milhões em apostas -... [continua ]

American Tiz vence o Clássico Ministro da Agricultura

Corredor de Maurício Roriz dos Santos levou o melhor páreo do dia, em Porto Alegre.

Galeria do Leilão da Criação Nacional ABCPCC: Timeo e Universal Law