09 jan 2021 | 20:36:45

Nat King Cole dá o tom à Prova Especial Mandaia

Velocista do Haras Phillipson conquisto firme vitória.

Nat King Cole venceu com autoridade

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Disputada neste sábado (9), no Jockey Club de São Paulo, a Prova Especial Mandaia, em 1.000m na pista de grama (pesada), para éguas de 3 e mais anos, teve em Nat King Cole, 4 anos, filha de T. H. Approval e Augusta Girl (A Good Reason), de criação e propriedade do Haras Phillipson, a sua ganhadora.

Após a largada, a favorita Y Gold buscou a ponta. Hamitbey também tentou a dianteira, em razão de que a dupla travou, de cara, um duelo pela primeira colocação. Nat King Cole era a terceira, rente à cerca externa.

Sem prejuízo do desgaste provocado pelo “pega” entre Y Gold e Hamitbey, ambas cometeram um dos mais conhecidos pecados capitais da pista de Cidade Jardim: desprezaram as balizas mais externas, num dia de grama pesada.  

Ruberley Viana, por outro lado, seguiu à risca a cartilha da vitória: manteve Nat King Cole rente à cerca externa, sempre pelo melhor caminho. Assim, quando o ritmo da prova pesou para Y Gold e Hamitbey, nenhuma das duas foi páreo para o arremate de Nat King Cole, que passou, sem briga, pela dupla, na altura dos últimos 150 metros.

Y Gold formou a dupla a 3 corpos e ½. Hamitbey foi a terceira. Depois, English Squad e Diva do Jaguarete.

Treinada, em Campinas/SP, por Afonso Flório Barbosa, Nat King Cole conquistou a 4ª vitória em 13 saídas. Tempo de 56.02, com finais de 24.40 e 12.54.

Mais notícias

Nadador Lô não deu chance aos adversários em Porto Alegre

Líder de geração no Cristal, corredor do Stud Casablanca venceu – aos esbarros – o Clássico Presidente Antenor Granja de Abreu.

Ler na íntegra

Cara Salto leva a melhor entre as estreantes

Potranca do Haras Cima venceu a Prova Especial Joaquim da Cunha Bueno.

Ler na íntegra

Set Ton aprova a pista de grama e congela cronômetros no Clássico Ernani de Freitas (L)

Filho de Drosselmeyer pertence a Carlos Antonio Platzeck.

Ler na íntegra