11 out 2021 | 19:19:45

New Julia, Quillan e Kiefer: vitórias brasileiras na chamada clássica de Maroñas

Brasileiros somaram êxitos na chamada nobre do turfe uruguaio.


Quillan, por dentro, derrotou o favorito Sub Manner

Imagem: Transmissão HRU

No último final de semana, em Maroñas, produtos de 3 e mais anos disputaram o Clásico Alfredo de Castro Perez (L), em 1.600m na pista de areia. Vitória do brasileiro Quillan, 5 anos, filho de Forestry e In The Sand (Atticus), de criação de Beverly Hills Stud e propriedade do Stud Stayer.

Com Fernando Olivera “up”, Quillan venceu de ponta a ponta. O favorito Sub Manner chegou a dar fila de vitória, nos 200 finais, mas o brasileiro fez-se intransponível, no posto principal. Don Pata, criado no Brasil por Ulisses Lignon Carneiro, foi o terceiro. Emperor Hulk, igualmente egresso da criação brasileira, do Stud Hulk, completou o marcador.

Treinado pelo aniversariante da data, Luis Antonio Signoretti, Quillan conquistou sua 4ª vitória (1ª clássica) em 9 corridas. Tempo de 1:36.64.

Na outra listed race do final de semana, a brasileira New Julia, 5 anos, filha de Glória de Campeão e Chanson Pour Julia (Irish Fighter), de criação e propriedade do Stud Gaeta, venceu o Clásico Suprema Corte de Justicia (L), em 1.500m na areia, para éguas de 3 e mais anos.  

Sob a monta de Vagner Leal, New Julia ensinou o caminho do disco às adversárias, de um extremo ao outro do percurso. No disco, superou a argentina Dona Brujita por 1 corpo e ½.

Antônio Luis Cintra é o responsável pelo treinamento de New Julia, agora dona de 5 vitórias (2 clássicas) em 11 corridas. Relógios parados na marca de 1:30.85.

Houve tempo, ainda, para outra vitória de um cavalo brasileiro, em páreo da chamada nobre de Maroñas. Kiefer, filho de Drosselmeyer e Condoleza (Macho Uno), de criação do Haras Santa Rita da Serra e propriedade do Haras San Pedro, conquistou o Clásico Constante R. Turturiello, em 1.400m na raia de areia, para produtos de 3 anos.

Corrido de alcance por Hector Lazo, Kiefer atropelou, com sucesso, na reta final. Em firme vitória, deixou Nouvell, a 1 corpo e ¾, em segundo.

Ricardo Colombo responde pelo treinamento de Kiefer, que permanece invicto em 2 corridas. O ganhador completou o percurso na marca de 1:23.58.

Mais notícias

Criação: Pixilim será coberta por Kitten’s Joy e seguirá para a Austrália

Criada por Roberto Belina, brasileira teve campanha encerrara e servirá como reprodutora na Oceania.

Gibraltar Point esbanja categoria no Grande Prêmio Farwell (gr.I)

Filho de Rock of Gibraltar assinalou o novo recorde da prova.

Mucho Fon vence mais uma em Porto Alegre

Defensor do Stud Casablanca confirmou favoritismo no Clássico Presidente Cláudio Luiz Sperb.