22 ago 2017 | 21:18:28

OSAF: validação das provas black type da América do Sul para 2018

Comité Fiscalizador de Calidad de Carreras Clássicas da OSAF reuniu-se no Peru para avaliar promoções, rebaixamentos e advertências das corridas clássicas do continente para o próximo ano.


Conforme noticiado pela ABCPCC na data de ontem (21), a reunião anual do Comité Fiscalizador de Calidad de Carreras Clássicas da OSAF ocorreu na última sexta-feira (18), em Lima, no Peru. A reunião contou com a participação do presidente independente do comitê, Ciaran Kennelly, do presidente da Organização Sulamericana de Fomento ao Puro Sangue de Corrida (OSAF), Carlo Rossi, do presidente do Consejo Asesor Técnico da OSAF e da ABCPCC, Sérgio Luis Coutinho Nogueira, além de representantes de outras entidades relacionadas à OSAF e aos países membros. A ABCPCC esteve representada pela sua superintendente, Mayra Nouer Frederico.

Durante a reunião restaram avaliadas as corridas black type disputadas na América do Sul entre julho de 2016 e junho de 2017. Igualmente, representantes dos 5 países membros da OSAF – Argentina, Brasil, Chile, Peru e Uruguai – apresentaram requerimentos de promoção e rebaixamento de determinadas corridas. Algumas delas acatadas pela OSAF. Outras sob análise visando a próxima reunião do comitê.

Tendo por referência a média dos ratings dos 4 primeiros colocados das últimas 3 edições de cada corrida – e os respectivos níveis de tolerância de cada páreo e graduação – ficaram estabelecidas as seguintes alterações para 2018:

Argentina

Promoções:

Clásico Horacio Bustillo – de G3 para G2

Clásico Omega – de G3 para G2

Clásico General Güemes – de listed race para G3

Clásico Jockey Club de Rosario – de listed race para G3

Clásico Lucio Taborda – de listed race para G3

Cásico El Virtuoso – elevado à categoria de listed race

Clásico Domingo Faustino Sarmiento - elevado à categoria de listed race

Clásico Refinado Tom – elevado à categoria de listed race

Rebaixamentos:

Polla de Potrillos (La Plata) – de G2 para G3

Clásico Invasor – de G2 para G3

Clásico Isidoro Aramburu – de G2 para G3

Advertências:

Polla de Potrancas (La Plata) – G2

Clásico Clausura – G2

Clásico Benito Lynch – G3

 

Brasil

Promoções:

GP Julio Cápua – de G3 para G2

Clássico Escorial – de listed race para G3

Clássico Riboletta – de listed race para G3

Clássico Sandpit – de listed race para G3

Clássico Alberto Santos Dumont – de listed race para G3

Copa Japão de Turfe – de listed race para G3

Clássico Presidente Marcio Correa de Toledo – de listed race para G3

Clássico Presidente Silvio Alvares de Penteado – de listed race para G3

Rebaixamentos:

Clássico ABCPCC (Cristal) – de listed race para non black type race

Derby Riograndense – de listed race para non black type race

Clássico Diana (Cristal) – de listed race para non black type race

GP Estado do Rio Grande do Sul – de listed race para non black type race

Clássico Presidente Mário Ribeiro Nunes Galvão – de listed race para non black type race

Clássico João Gulart – de listed race para non black type race

Advertências:

GP ABCPCC (Cidade Jardim) – G1

GP Dezesseis de Julho – G2

GP Antenor de Lara Campos – G3

GP Independência – G3

GP Pres. José Cerquinho de Assumpção – G3

 

Chile

Promoção:

Clásico Preparación Louis Cousiño – de listed race para G3

Rebaixamento:

Clásico Velocidad – de G2 paraa G3

Advertência:

Clásico Fernando Moller B – G2

 

Peru

Promoções:

Clásico República Argentina – de listed race para G3

Clásico Alfredo Benavides y Alfredo Benavides Diez Canseco – de listed race para G3

Clásico Pardo Y Barreda – de listed race para G3

 

Uruguai

Uma vez detendo a maior parte de suas corridas na parte 2 do Livro Azul da Federação Internacional de Autoridades Hípicas, com a consequente classificação de clássicos locais (sem status de black type), o Uruguai não contou com promoções ou rebaixamentos, de modo direto. Ainda assim, 3 corridas suas, até então classificadas na parte 2, passaram a compor a parte 1 (das corridas clássicas propriamente ditas) do Livro Azul:

Gran Premio General Artigas – G2

Clásico Comparación – G2

Clásico Ministerio de Economia Y Finanzas – DGC – G2

Assim, o Hipódromo de Maroñas passa a contar com 53 corridas na parte 2 e 15 corridas na parte 1 do Livro Azul.

Confira abaixo o quadro resumo do calendário clássico sulamericano, após promoções e rebaixametos (N.R.: bajas = rebaixamentos e subas = promoções).

Mais notícias

No auge, Olympic Impact vence mais uma e vai ao GP Brasil

Defensor do Stud Habeas Corpus foi o melhor no GP Antonio Joaquim Peixoto de Castro Jr. (G2).

Mercado: Tattersalls Ireland September tem recordes batidos

Filho de Showcasing alcançou o preço mais alto do leilão, com € 230 mil.

Enable repete Ouija Board e Frankel, tornando-se Animal do Ano, na Europa, pela segunda vez

Égua do Príncipe Khalid Abdullah foi aclamada o melhor animal do Velho Continente, em 2019 – dois anos após conquistar o mesmo troféu, pela primeira vez.