20 nov 2018 | 14:15:08

Pateo do Batel e Pixilim serão cobertas por Kingman e Medaglia d’Oro

Brasileiras foram exportadas em 2018.

Pixilim será coberta pelo carro chefe da Darley America, Medaglia d'Oro. 

Imagem: Marília Lemos

Exportadas no ano de 2018, as brasileiras Pateo do Batel e Pixilim darão início à carreira reprodutiva, no exterior, por ocasião do próximo semestre. Para tanto, serão padreadas por Kingman e Medaglia d’Oro, dois dos principais destaques, da Juddmonte Farms e Darley, respectivamente.

Ganhadora do Grande Prêmio OSAF (gr.I), em 2017, Pateo do Batel (Shirocco e Kuesta Ragazza, por Hibernian Rhapsody) viajará até a Inglaterra para ser cobertura por Kingman. O filho de Invencible Spirit, cuja primeira geração estreou em 2018, figura como uma das principais apostas da Juddmonte Farms, servindo por £ 75 mil.

Já Pixilim (Agnes Gold e Design, por Lemon Drop Kid), que no Brasil venceu a Copa Japão de Turfe (gr.III) e o Clássico Sílvio Álvares de Penteado (L), permanecerá nos Estados Unidos onde encontrará Medaglia d’Oro (El Prado). O badalado filho de El Prado ocupa o posto de garanhão mais valorizado da Darley America, que negocia suas coberturas, para o ano de 2019, a US$ 200 mil.

Tanto Pateo do Batel quanto Pixilim foram criadas por Roberto Belina.

Mais notícias

Cristal: Dessert e Madame Quick prevaleceram nos melhores páreos

Destaques da programação de quinta-feira (5), no Cristal, Clássicos Romo Ferte e Corejada revelaram as respectivas vitórias, de Dessert e Madame Quick.

Ler na íntegra

Japão: depois de Kitasan Black, Copano Rickey despede-se das pistas com vitória em G1

Arenático de 7 anos venceu o Tokyo Daishoten (gr.I) antes de migrar para a sessão de reprodutores de Hokkaido Hidaka-Cho.

Ler na íntegra

América do Sul: as pollas pelo continente

Os meses de agosto e setembro conectam os países latinos em razão das disputas de suas pollas e provas assemelhadas. Dentre os ganhadores, um ponto de intersecção, além da questão territorial: Mr. Prospector.

Ler na íntegra