01 nov 2020 | 19:30:16

Um bólido no pesada, Texport vence o Clássico São Francisco Xavier (L)

Futuroso velocista pertence ao Haras Cariri Pe/Stud Sampaio.

Texport produziu atuação destacada

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Principal atração da jornada realizada neste domingo (1), no Jockey Club Brasileiro, o Clássico São Francisco Xavier (L), em 1.000m na pista de grama (pesada, com 3m de cerca móvel), para produtos de 3 e mais anos, foi vencido por Texport, 3 anos, filho de Tiger Heart e Discreet Fun (Discreet Cat), de criação de Roberto Belina e propriedade do Haras Cariri Pe/Stud Sampaio.

Brutus, dotado de grande velocidade inicial, não apenas assumiu a ponta, após a largada, como também livrou “luz” à frente de Efetivo Bull. Texport apresentava-se em terceiro. Penélope Charming corria em quarto e I Believe That acionava no quinto posto.

Abordada a reta final, Texport “cresceu” para cima de Brutus. Quando ajustado por Leandro Henrique, na altura dos 300 finais, Texport dominou a competição, desvencilhando-se de Brutus. Penélope Charming, avançando, buscava desmanchar a vantagem do ponteiro.

Sem dar chance à fêmea, porém, Texport alcançou o espelho 2 corpos à frente de Penélope Charming, com Efetivo Bull finalizando em terceiro. Brutus e I Believe That completaram o placar.

A seguir, New Emperor, Madison, Liber Nauticus e Gladness of Love.

Treinado por Adélcio Menegolo, Texport obteve a 2ª vitória (1ª clássica) em 3 saídas. Tempo de 57.37.

 

Mais notícias

De ponta a ponta, Lionel The Best escreve seu nome entre os vencedores do GP Paraná

Corredor do Stud My Hero Dad foi o protagonista do momento clímax do festival paranaense.

Ler na íntegra

Ultra Bom demonstra sobras entre os arenáticos de Cidade Jardim

Corredor do Haras São Marcos Paulista venceu o GP Presidente Julio Cesar Ferreira Mesquita (gr.III).

Ler na íntegra

Copa dos Criadores ABCPCC 2019 - Luis Esteves

Website do Jockey Club de São Paulo entrevista treinador que conta com inscrições nos 4 páreos do festival.

Ler na íntegra