25 jul 2021 | 11:43:03

Vinte anos depois, Adayar repete o avô Galileo e emplaca “double” Derby-King George

Potro da Godolphin venceu o King George VI & Queen Elizabeth Stakes (G1) e pôs fim a um tabu de 20 anos sem que um potro, ganhador do Derby, conquistasse, no mesmo ano, o “King George”.


Adayar firma-se como um dos melhores animais da Europa

Imagem: Sporting Life

Principal prova do turfe britânico aberta a produtos de 3 e mais anos, o King George VI & Queen Elizabeth Stakes (G1), em 2.400m na pista de grama, com £ 875 mil de dotação, marcou, em Ascot, a quebra de um Tabu que perdurou por duas décadas. Vinte anos depois de Galileo, o último a fazê-lo, seu neto Adayar, 3 anos, filho de Frankel (por sua vez, um Galileo) e Anna Salai (Dubawi), de criação (Irlanda) e propriedade da Godolphin, conquistou a prova, após ter vencido, no mesmo ano, o Epsom Derby (G1).

Com William Buick “up”, Adayar acompanhou, de perto, o ritmo do ponteiro Broome. Na reta final, passou, sem briga, pelo oponente, enquanto Mishriff, mais por fora, buscava uma aproximação. Love, a favorita dos apostadores, não animava, em terceiro.

Sem dar chances a Mishriff, Adayar rumou, inabalável, até o disco, derrotando o adversário por 1 corpo e ¾. Love foi a terceira. Broome e Lone Eagle depois.

Treinado por Charlie Appleby, Adayar conquistou sua 3ª vitória em 6 saídas. Tempo de 2:26.54.

Mais notícias

Hang Loose domina a Prova Especial Oscar Pacheco Borges

Neste domingo (8), no Jockey Club Brasileiro, éguas de 3 e mais anos disputaram a Prova Especial Oscar Pacheco Borges.

EUA: Quarteto de Cordas encara grupo II em Gulfstream Park

Brasileiro é um dos inscritos no Fort Lauderdale Stakes (gr.II).

PR: Hassenah retorna com vitória em prova especial

Defensora do Stud A.M.L., mesmo sem correr desde novembro do ano passado, não deu confiança aos adversários na Prova Especial Albino Farracha de Castro.